Parceria de Kunta vence e será o primeiro samba da história da BSC

Publicado por

Em noite de alto nível, seis obras se apresentaram na final da escola alvinegra

“Brilha a estrela solitária eternamente”. O verso não poderia ser outro para embalar a Botafogo Samba Clube rumo ao seu primeiro desfile. O samba da parceria de Kunta, Tem Tem Jr, Chicão, André Ronaldo, Clebão, Jean Marques, Bruno Caeiro, Rod Beckeham, Mateus Rodrigues, Luizinho das Camisas e Denis Moraes foi escolhido para representar a escola alvinegra no carnaval 2019, pela Série D, quando levará para a Intendente Magalhães o enredo “Túlio, o Glorioso”, de autoria do carnavalesco Tom Santos.

Ao todo, seis obras foram para a final do primeiro concurso de samba-enredo da BSC, realizado no Food Park do Estádio Nilton Santos, no Engenho de Dentro, na noite desta sexta-feira, dia 16. Antes dos sambas concorrentes, porém, a noite foi aberta com show do Grupo Prefácio, com a apresentação dos segmentos da escola na sequência.

Quando o relógio marcava 20h08, a parceria de Diego Nicolau subiu no palco e iniciou a disputa. Após a terceira apresentação, por volta da meia-noite, ocorreu a coroação da rainha de bateria Raíssa Brazil, com as participações de Nilce Fran e Rosana Farias, coordenadora da ala de passistas da Portela e rainha de bateria da Unidos da Ponte, respectivamente.

– Estou muito feliz em ser coroada a primeira rainha da história da Botafogo Samba Clube. É um posto de muita responsabilidade e vou honrar de todas as formas. Agradeço à diretoria e a confiança dos torcedores alvinegros – disse Raíssa.

Às 00h26, a parceria de Leozinho Nunes reiniciou as apresentações dos concorrentes, encerrando com o sexto samba, de autoria de Valtinho Botafogo e cia. Em seguida, como de praxe, a diretoria da escola se reuniu para definir a obra que a escola levará para a Avenina no próximo ano. A disputa foi apertada e o segundo samba a se apresentar, de Kunta e cia, foi anunciado como o vencedor pelo intérprete Tiãozinho Cruz.

Diretor de harmonia da escola, Alexandre Pitt, agradeceu os compositores pelas obras apresentadas e mostrou confiança na evolução do projeto da Botafogo Samba Clube.

– Foi uma escolha democrática e foi bem acirrada. Tínhamos sambas maravilhosos, mas só um poderia ser campeão. A parceria do Kunta venceu e já se tornou o nosso hino oficial. Todos temos que abraçar e partir para o trabalho rumo ao carnaval. Estamos defendendo as cores que amamos e vamos seguir em frente – afirmou Pitt.

Com o samba escolhido, a direção da Botafogo Samba Clube se reunirá ao longo dos próximos dias para traçar o planejamento de ensaios para o carnaval. A escola será a 11ª a desfilar na Intendente Magalhães, no domingo, 3 de março.

Fotos: Emerson Pereira / Botafogo Samba Clube

2 comentários

Deixe uma resposta para Jorge Arruda Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s