Recordando Carnavais da Difícil é o Nome (II)

Publicado por

Recordando Carnavais…

GRÊMIO RECREATIVO BLOCO CARNAVALESCO DIFÍCIL É O NOME DE PILARES

CARNAVAL DE 1982

O NOTÁVEL GRANDE OTELO

Resultado: 2º Colocado do Grupo I-B de blocos (2ª divisão) da FBCERJ com 150 pontos

Data, Local e Ordem de Desfile: 8º Bloco a desfilar no Grupo I-B em 20/02/1982, Sábado, Av. Rio Branco, Centro, RJ

Sede Provisória: Rua Glaziou, 183, Pilares, Rio de Janeiro, RJ

Carnavalescos: Renato Lage e Fernando Alvarez

Presidente: Hélio Baraçal Grande “Maneco”

Relações Públicas: Silveira

Samba-Enredo

Autores do Samba-Enredo: Luiz Carlos Souza de Oliveira Santos “Rivelino”, José Albino da Costa “Zerê” e José Antônio Pereira Gonçalves “Zezinho”

Puxador: N/C

Mais uma vez o Difícil vem / Encantar o nosso Carnaval

Trazendo o notável Grande Otelo / Glória do teatro e do cinema nacional

Desde criança a estrela do sucesso reluzia / E em noites cariocas ele resplandecia

Saudades do moleque Tião / Que dava brilho no sapato

Batucando em sua caixa / Ajoelhado no chão

No estrangeiro ele brilhou

Com Macunaíma / E a força de Xangô

Lapa gafieiras cabarés que sedução / Que saudades do Elite

Foi a sua inspiração / Em lindas notas musicais

E hoje só restam lembranças / Dos antigos carnavais

Olha o bonde / Eu falo olha o bonde

Eu grito / O condutor tem a cara de cabrito

 

CARNAVAL DE 1983

UM BRASIL COLORIDO

Resultado: 10º Colocado do Grupo I-A de blocos (1ª divisão) da FBCERJ

Data, Local e Ordem de Desfile: 3º Bloco a desfilar no Grupo I-A em 12/02/1983, Sábado, Rua Marquês de Sapucaí, RJ

Sede Provisória: Rua Glaziou, 183, Pilares, Rio de Janeiro, RJ

Carnavalescos: Renato Lage e Fernando Alvarez

Presidente: Hélio Baraçal Grande “Maneco”

Bateria: 110 Ritmistas

Contingente: 1.000 Componentes, 22 Destaques

Carnaval de 1983 – Tamborins da Difícil é o Nome

Samba-Enredo

Autores do Samba-Enredo: Alcino Correia “Ratinho” e Carlos Miguel Marques “Carlinhos de Pilares”

Puxador: N/C

Brasil / Meu mulato de olhos verdes

Vou deitar na tua rede / E matar minha sede / De amor

Brasil / Meu Brasil gigante

Berço do imigrante / Terra que Deus abençoou (Abençoou)

O Bandeirante / Desbravou as nossas matas

Bebeu água da cascata / Coloriu nosso torrão

O negro trouxe o feitiço da noite / E, apesar de tanto açoite

Ainda explode coração / O índio não se deixou escravizar

Deu a terra em liberdade / Para o povo se amar

Tem amor, muito amor / Seja branco, seja negro

Meu Brasil é multicor

 

CARNAVAL DE 1984

REI DOS REIS “GARRINCHA”

Resultado: 7º Colocado do Grupo I-A de blocos (1ª divisão) da FBCERJ com 144 pontos

Data, Local e Ordem de Desfile: 2º Bloco a desfilar no Grupo I-A em 03/03/1984, Sábado, Rua Marquês de Sapucaí – Passarela do Samba, RJ

Sede Provisória: Rua Glaziou, 183, Pilares, Rio de Janeiro, RJ

Quadra: Rua Casimiro de Abreu, 176

Carnavalesco: Fernando Alvarez

Presidente: Hélio Baraçal Grande “Maneco”

Destaque: D. Regina Rammelt

Samba-Enredo

Autores do Samba-Enredo: Altair S. Moura, Milton de Souza e Vanderlei R. S. Mattos

Puxadores: Otacílio de Pilares, Jorge Boemia e Garganta de Ferro

Levanta, meu povo / É bela esta homenagem

A este artista genial / Que deslumbrou o mundo inteiro

Com sua arte e magia / Voltadas para o futebol

Ele só nos trouxe alegria / Monstro sagrado do futebol brasileiro

Menino grande, / Sem maldade e ambição

E com seus dribles e maneiras / Na Seleção Brasileira

Consagrou-se campeão

Fantástico! Extraordinário! / O poder da criação

Assim diziam os jornais / Não encontravam a definição

Na seleção ou nos clubes das cidades

Só deixou saudades / Por onde passou

Mas hoje nosso herói / Já foi embora

E o Difícil lembra agora / Ele foi o “Rei dos Reis”

Balança, ginga, / Finge que vai mas não vai

E assim o marcador / Ele deixava pra traz

Por Marcos Guerra Couto

Pesquisadores Marcos Guerra Couto e Danilo Guerra Couto

 

Fontes:

Acervo do Jornal O Globo

Arquivo Nacional

Samba na Intendente

Capa – Foto de Delfim Vieira do Jornal do Brasil (RJ), Ano 1983, Edição 00310, Caderno B de 16/02/1983, quarta-feira

 

Recordando Carnavais:

Recordando Carnavais da Difícil é o Nome

RECORDANDO CARNAVAIS… É Hora de apagar as velinhas!

 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.