Depois de formar o time principal para conduzir o carnaval da escola em 2018, a primeira academia do samba colocou sua atenção em um posto bastante cobiçado nas escolas, o de “Rainha de Bateria”.

A escolhida foi Lilian Brito, conhecida como “Lili Tudão”. A morena foi passista na Acadêmicos do Grande Rio por 11 anos, musa da escola paulistana Tom Maior e em 2017, Rainha de Bateria do GRES Acadêmicos da Abolição.

Formada em Enfermagem e funcionária da Secretaria de Estado do Ambiente, ela não esconde sua paixão pelo Carnaval, tanto que ela já fez um pequeno ensaio fotográfico com as cores de sua nova agremiação.

“Estou muito feliz em estar nessa escola querida, onde o pessoal me recebeu tão bem. Já fui chegando logo em dia de evento, quando a escola participava do pré-lançamento do enredo na quadra da Estácio de Sá. Nossa foi muito legal. Cheguei e o pessoal todo foi super simpático, me receberam de braços abertos. Estou muito feliz mesmo. Agora estamos todos aguardando o dia da coroação que com certeza será especial. Tenho certeza que vai ser lindo! Agradeço ao presidente Junior Bad Boy e a todos da nossa comunidade e é claro, a nossa bateria Orquestra de Ouro e ao mestre Laion. E já vou dizendo que não vão se arrepender. No que depender de mim, nossa bateria e nossa escola vão brilhar e tirar as notas máximas.”

O Acadêmicos do Engenho da Rainha será a décima primeira escola a desfilar no Carnaval 2018, na Estrada Intendente Magalhães, pela Série B, com o enredo: “Deixa Falar: O Que É Que Há? Academia Do Samba, Hoje, Sou Estácio de Sá”, dos carnavalescos Guilherme Diniz, Rodrigo Marques e pesquisador Rogério Rodrigues.

Fotos: Divulgação