Neste Domingo tem disputa de Samba-Enredo na Curicica – Conheça os Sambas da UPC – Letras e Áudios

Publicado por

A Curicica terá cinco sambas que disputarão o concurso samba enredo para o Carnaval 2020. A azul, branco e vermelho fará corte de samba das obras no domingo, 17 de novembro, às 19h, e a grande final vai acontecer no dia 24 de novembro, às 19h, na sua quarta de ensaio.

A noite será aberta com show da Curicica, relembrando clássicos que marcaram a história dos desfiles da escola. Em seguida, a ala de passistas comandada por Amadeu Degues, fará uma apresentação cheia de surpresas, abrindo passagem para casais de mestre-sala e porta-bandeira, baianas, Velha-Guarda, musas e demais segmentos. Todos ao som da bateria Audaciosa, sobre o comando do mestre Yan Pac Man e o time do carro de som liderado por Marquinhos Silva.

Grêmio Recreativo Escola de Samba União do Parque Curicica

Carnaval 2020

Enredo: FULÔ DE MARIA

Presidente Administrativo: Lorraine Rosa

Vice-Presidente Administrativo: Roberta Rosa

Carnavalesco: Renato Esteves

Direção de Carnaval: Allan Jones e Wilson Policarpo

Direção de Harmonia: Rudnei Santos

Mestre de Bateria: Yan Pac Man

Intérprete Oficial: Marquinhos Silva

 

Confira os 5 sambas na União do Parque Curicica

Samba 1

Autores: Paulo Rios, Paulinho das Frutas, Valtinho Magal, Valdo, Marquinhos da Comanche, Filhinho e Geraldo Botafogo

Intérpretes: Léo Simpatia, Henrique Guerreiro e Junior Fm

Reluziu… Oh! Divina inspiração / Iluminando os meus versos

Linda história de amor / Canta Curicica nessa festa multicor

Nasceu na Serra do Embuzeiro / Filha de “Dona Déia” entre espinhos se criou

No Matrimônio Desilusão / “Zé de Neném” maltratou seu coração

Lampião Cabra da Peste… Fez Maria “Fulorar”

Paladino das Caatingas, seus bordados foi buscar

E a Flor mais bela que acabou de conquistar

Aventuras, desafios, Orações e cantorias pelo ar

Folia de Reis em Juazeiro, “SANTO DA TERRA” encontro triunfal

Corpo fechado, casamento abençoado / Consagrado por “Padim Ciço Romão”

Numa festança que jamais se viu igual / Com iguarias naturais da região

SÊCA vencida, a SERPENTE abatida / Vencer a MORTE a mais difícil Provação

Caminho Livre, “MARIA BONITA” / Com bandoleiros funda o “REINO DO SERTÃO”

Capitão traiu o bando implantando o terror

Que a Rainha do Cangaço bravamente retomou

“ACORDA  POVO”, LIBERDADE, EDUCAÇÃO / Lição de Vida que vem dessa União

 

Samba 2

Compositores: Alexandre Valle, Paulo Bispo, Alessandro Lanza, Denis Moraes, Júlio Primavera, Nascimento, Cesar Brandão, Lilico da Varig e Marcos Lanza

“VIDAS SÊCAS” E DIAS SEM FIM NO SERTÃO / O OLHAR DE “MARIA” A REFLETIR

A ARIDEZ QUE ASSOLAVA O SEU CHÃO

APESAR DO SOL “DA MULESTA”, A “FIA DE DÉA”

VIU “FULORAR” O AMOR EM SEU CAMINHO / MESMO NA RUDEZA DO “CANGAÇO”,

ENTRE BEIJOS E ABRAÇOS, / “LAMPIÃO” SE ENTREGOU AOS SEUS CARINHOS

AS MÃOS QUE TOCAM “BANDOLIM” / SE PRECISO, VÃO À GUERRA

COM A “BENÇÃO” DE “MEU PADIM” / E AS “PROFECIAS” DO “SANTO NA TERRA”

 “MULHER-CORAGEM” (ÔÔÔ…) E VIRGULINO” (ÔÔÔ!..)

TANTA PROVAÇÃO, UMA VIAGEM, UM DESTINO… / EIS QUE MARIA DISSE “ARREDA!”

E “JOGOU DE UMA PEDRA” / SOL, SERPENTE E CRAMUNHÃO

“REINO” FUNDADO, UM INIMIGO DO NORDESTE, / AO NOSSO SOLO USURPOU

MAS, ESSE POVO CABRA DA PESTE / NUNCA SE ENTREGOU

ACORDEM, BANDOLEIROS… / VAMOS JUNTOS DERROTAR O “EX-CAPITÃO”

RESISTIRÁ? “ELE NÃO!” PODERÁ? “ELE NÃO…” / COM  A FLOR MAIS LINDA DO SERTÃO

ARDE EM BRASA O MEU CORAÇÃO / “QUAL FOGUEIRA DE SÃO JOÃO”

CHEGOU A CARAVANA DE MARIA BONITA / NO CARNAVAL DA CURICICA!

 

Samba 3

Compositores: J. Sardinha, Edson Procópio, Chiquinho, Amâncio, Waguinho, Luiza Fontella, Dr. Márcio, Jorginho Mocidade, Tuguinho e Rui Só  

Intérprete: Antônio Carlos

FLORESCEU / ENTRE MANDACARUS / EM UMBUZEIRO À RESISTÊNCIA NORDESTINA

ENCONTRA O SEU CABRA DA PESTE / ENTRE BORDADOS E RENDAS

SENTE O AMOR FULORAR / CAVALGANDO NOS MISTÉRIOS DO SERTÃO

DO PAI DOS POBRES CONQUISTOU O CORAÇÃO

SOL INCLEMENTE, VIXE MARIA! / A SECA NÃO PERDOA

PADIM CIÇO ABENÇOOU / NAS ÁGUAS DO CHICO A SERPENTE ARREDOU

COM CORPO FECHADO O COISA-RUIM EXPULSOU

NO REINO DO SERTÃO / A VIDA SEMPRE FOI DURA

MAS A RAINHA É JUSTA / NA CILADA DO CAPITÃO

DESTRÓI OS SONHOS DE MARIAS E JOÃOS / EITA MUIÉ PORRETA

POVO E CAVALEIROS EM COMUNHÃO / AO SOM DO XAXADO A BATALHA VENCEU

COM LIVROS E CADERNOS NA MÃO / A LIBERDADE ATRAVÉS DA EDUCAÇÃO

ACORDA-POVO! / CHEGOU MARIA BONITA

A FLOR MAIS LINDA DO SERTÃO / HEROÍNA ARRETADA

CONDUZ CURICICA EMPODERADA

 

Samba 4

Compositores: Macaco Branco, Carlos Bebeto, Juninho da Vila, Serginho Engenheiro, Duda Tonon, Degão do Cavaco, Jean Marques

Intérprete: Emerson Dias

Vamô simbora… / Curicica pro Sertão oi

Trago a Sanfona, o bandolim e um Violão

Fruto da Serra, ela é Rainha do lugar / Venha comigo ver Maria Fulorar

Abençoada Déa te criou / Mandacaru a sua terra / Quando chove é bom sinal

No casamento seca, triste e só / Foi conhecer cabra da peste e vai brilhar no Carnaval

Muié arretada,  Olê mulé rendeira / Perde as estribeiras ao ver LAMPIÃO

Se embrenha no Mato, com a bênção do santo / Mais uma pro bando, minha inspiração

É noite e pra Festa de Reis eu vou / Nesta moda de viola vou dançar com meu amor

Em Juazeiro a festança rolou / Esta família Padin Ciço batizou

Império montado a cavalo / Buscando esperança, justiça se faz

Resiste de corpo fechado / Ante os desafios que a vida vos trás

Deu samba… Vence a mulher guerreira / Na Batalha peleja

Capitão nunca mais / Reinou no sertão…

O livro e cangaço não te esquecerá jamais

 

Samba 5

COMPOSITORES: Márcio André Filho, Pitimbu, Alexandre Alegria, JP Monteiro, JB Oliveira, Tinga, Wagner Silva, Daniel Katar, Renan Diniz, Telmo Augusto

Fulô que nasce do “Peito de Menina” / Ê chão rachado, Umbuzeiro

Um cabra macho carregou seu coração / Pela caatinga ao reino do sertão

Olê… um bandolim entre as sanfonas do cangaço / A fortaleza a beleza nos seus traços

Mandacaru floriu…..floriu!

Ê Muié rendeira / Tão braba feito cão

Bordando nos seus braços / O amor de lampião

Ê ê em Juazeiro / Padim ciço deu o laço

Um laço mais que arrochado / Abençoando essa união

Vai a caravana e a vida por um fio / Lá vai Maria vencer o desafio

O sol de rachar / Serpente de fogo o cramunhão

O sonho desse povo resiste a qualquer provação / Meu paraíso…

Oasis na seca “poço divino” / Que um “ex capitão” da opressão nos tomou

Ao longe… ecoa um xaxado de guerra / Por nossas terras: oxente de aço!

Salve Maria bonita, rainha do cangaço!

Nordestino é arretado / Não se avexe meu sinho

Somos todos bandoleiros / No sertão da linda flor

Onde homi vira cabra / E Muié vira cabrita

Vem no som do arrasta pé / No fole da Curicica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s