Unidos do Cabuçu / Carnaval 2020 / Acesso

Publicado por

SOCIEDADE ESPORTIVA RECREATIVA ESCOLA DE SAMBA UNIDOS DO CABUÇU

Alegria geral família Cabuçuense!

Se o meu céu é azul, no manto branco encontrei a paz / Minha Cabuçu derramando emoções demais!

Bandeira_da_SERES_Unidos_do_Cabuçu

Fundação: 28/12/1945 (73 anos)

Cores: Azul e Branco

Símbolo(s): Leões e Estrela

Escola Madrinha: G. R. E. S. Unidos da Tijuca

Santo Padroeiro:

Bairro: Engenho Novo

Sede/Quadra: Rua Araújo Leitão, 925, Engenho Novo, Rio de Janeiro, RJ

Barracão: Via Binário, Rio de Janeiro, RJ

Presidente Administrativo: Marcelo Rodrigues

1ª Dama: Waleria

Vice-Presidente Administrativo: Flávio Dutra Viana

Vice-Presidente Financeiro: Geraldo Filho

Presidente de Honra:

Secretaria Geral: Mariane Fabrícia

cabuCarnaval 2020

Grupo: Acesso

Ordem de Desfile: 11ª Escola a desfilar na Segunda-Feira de Carnaval, dia 04/03/2020, na Estrada Intendente Magalhães, Campinho, RJ

ef4ecbdc-7dcf-40b7-81ba-6107ff53fddc

Enredo: “A CABUÇU CANTA PARA SUBIR NO CENTENÁRIO DE BÁNGBÀLÁ”

Logo: Divulgada

Sinopse: Divulgada

https://sambanaintendente.blog/2019/08/06/nas-preces-de-bangbala-a-unidos-do-cabucu-apresentou-a-sua-sinopse-para-2020/

Autor do Enredo: Jorge Lucas

Carnavalescos: Lane Santana, Jorge Lucas e Cristiano Prado

Direção de Carnaval: André Jales

Comissão de Carnaval: Cléia Jales, Matheus Rodrigues, Jorge Lucas, Celita e Flávio Viana

Diretor de Harmonia: Israel

Diretor de Barracão: Sereno

1º Casal de MS e PB: Yuri Pires e Mirian Jales

2º Casal de MS e PB: Luís Gabriel e Clarisse

Coreógrafos da Comissão de Frente: Renan e Guty

Coordenadora da Ala de Passistas: Rosângela

Diretoras da Ala das Baianas: Norma e Cici

Diretora da Velha Guarda: Tia Lô

Presidente da Ala de Compositores: Edson Pelé

Vice-Presidente da Ala de Compositores: Márcio Kibe

Diretoras do Departamento Feminino: Marilda e Waléria

Diretor de Eventos: Luan Cardoso “Luan Val”

Diretora Social: Noeli

Crone Oficial: João Coroa

49774152_1113120502202837_1956023454872371200_n

Bateria: Emoção

Mestres de Bateria: Rogerinho Lima e Pastel

Rainha de Bateria: Fabiane Bomfim

Madrinha da Bateria: Dani Vraa

Musa(s): Wania Rainha das Plásticas

Diretoras de Comunicação: Mari Penedo e Beatriz Guerra

Assessoria de Imprensa: Mari Penedo

Autores do Samba-Enredo: Ney da Passarela, Jefāo do Cavaco, Bira do Império, Márcio Oliveira, Chiquinho da Passarela, Ivan do Bar, Rico, Nego do Atabaque, Tio Carlinhos, Maykon Rodrigues e Anderson

Intérprete: Maykon Rodrigues

Cantor(es) de Apoio: Rafael Santos, Leandro Canavarro, Julio Medeiros e Ryco

ÔÔÔÔÔÔÔÔÔ

(ALUSIVO)

BRILHOU O PAVILHÃO DA NOSSA ESCOLA
A CABUÇU PEDE LICENÇA PRA HOMENAGEAR / ESSE GRANDE MITO DA HISTÓRIA
LÁ NA BAHIA MĀE LILI, FEZ BÁNGBALÁ / SEGUIU O SEU CAMINHO ABENÇOADO
NUNCA ESQUECENDO DO LEGADO / A TRADIÇĀO DO CANDOMBLÉ
FILHO DE PAI XANGÔ / TEU SANTO PROTETOR QUE GUIOU OS SEUS CAMINHOS
NO AMOR, TRABALHO E NA CRENÇA / FOI NOMEADO O COMENDADOR

MESTRE DO ATABAQUE, XEQUERE, BERIMBAU
DAS CERIMÔNIAS DE AXEXES RITUAIS
O ARCO-ÍRIS NO CÉU, O ASTRO REI A BRILHAR
E OXUMARÊ, E A RAINHA IEMANJÁ

E ASSIM DE AZUL E BRANCO NA AVENIDA / HUMILDADE, SABEDORIA
INTOLERÂNCIA NUNCA MAIS / ESSA VOZ QUE NÃO CALA
COM O TOQUE DE BÁNGBALÁ / CABUÇU PEDE AXÉ

VAI ROLAR XIRÊ / SALVE OS ORIXÁS, LALORYÊ
COM AS BENÇÃOS DE OXALÁ / KABICELE KAÔ! ESCUTA O SOM DO TAMBOR
CANTA PRA SUBIR, QUE O REINADO É DE XANGÔ

História: O S. E. R. E. S. Unidos do Cabuçu é uma escola de samba da Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro. Seu nome é uma homenagem à rua onde sua sede se situava, a Rua Cabuçu, no bairro Lins de Vasconcelos.

A história da escola conta que, no Morro do Amor, segundo Hiram Araújo, no livro “Carnaval – Seis Mil Anos de História”, existia um clube de futebol com o nome Nacional Futebol Clube, com sede na Rua Dona Francisca, com as cores azul e branca. Na época do carnaval, este clube se transformava em bloco carnavalesco, e daí partiu a ideia de transformar o bloco em escola.

As comunidades que participam da escola são as do Morro do Barro Vermelho, da Favela do Barro Preto e do Amor, localizadas na região que compreende os bairros do Engenho Novo, Lins de Vasconcelos e Méier.

Babaú teve a ideia de juntar os blocos da região e fundar no dia 28 de dezembro de 1945 a escola de samba Unidos do Cabuçu, que já no ano de 1946 desfilou com o enredo “Carnaval na Fazenda“, de autoria do próprio Babaú. O primeiro desfile oficial da Cabuçu foi em 1947, na Praça XI, com enredo e samba de Babaú – “Compositor Desprezado.”

São os fundadores da escola: Waldomiro Rocha “Babaú”, Orlando Vicente Ribeiro, Jairo Marques da Silva, Izalte Francisco de Oliveira, Jorge Alves, Wanderley Alves, João Taul Silva, entre outros.

Fonte(s): Wikipédia e Samba na Intendente

Ficha Técnica 2019:

Ficha Técnica 2018: https://sambanaintendente.blog/2017/06/03/serie-b-unidos-do-cabucu-7a/

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.