Para abrirmos a 2ª Temporada da Série de Entrevistas com as Personagens da Intendente Magalhães, o Carnavalesco Guilherme Diniz Cadilhe da Unidos de Bangu que encerrará o desfile da Série B na Terça-Feira de Carnaval.

SÉRIE DE ENTREVISTAS COM OS PERSONAGENS DA INTENDENTE

Nome: GUILHERME DINIZ CADILHE

Cargo: CARNAVALESCO

Agremiação: G. R. E. S. UNIDOS DE BANGU

Grupo: Série B da LIESB

1. Conte-nos a sua trajetória no Carnaval?

Guilherme Diniz: Eu iniciei na folia muito cedo. Minha família é do samba e por isso, nasci no samba! Descobri que o samba era minha maior paixão quando tinha mais ou menos uns 10 – 11 anos de idade, com influência direta da minha tia, levando-me para ajudá-la no barracão de fantasias de sua ala comercial na Unidos do Viradouro. De lá até hoje, nunca consegui largar o samba (não que eu queira kk ).

2. Fale-nos do enredo da escola para 2017?

Guilherme Diniz: A nossa Unidos de Bangu vai falar do fogo desde sua descoberta até os dias de hoje, onde é um dos elementos principais para a vida humana.

3. Quais são as expectativas da agremiação para este carnaval?

Guilherme Diniz: As expectativas são sempre as melhores. Iniciamos nosso trabalho cedo e o concluímos cedo. A escola nos deu carta branca para criarmos e reproduzirmos. Estamos muito felizes nesta casa!

4. Fale-nos da parceria com o Carnavalesco Rodrigo Marques?

Guilherme Diniz: A parceria tá sendo a melhor possível. O Rodrigo é meu amigo pessoal, fui padrinho de casamento dele, e acho q essa relação de amizade e irmandade ajuda muito na nossa caminhada carnavalesca.

5. Qual será o destaque principal da escola para o desfile?

Guilherme Diniz: Acho difícil pontuar um destaque. Acho q o conjunto completo vai dar um resultado muito interessante. A força da comunidade de Bangu, a plástica produzida por nós, a bateria do Mestre Zumbi, o Casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira e todos os outros que trabalham conosco… Acho que esses serão os pontos altos.

6. Como está o barracão da escola (fantasias e alegoria(s))?

Guilherme Diniz: Começamos nossa reprodução das Fantasias cedo, com isso, concluímos com êxito a reprodução a um tempo. No barracão de alegorias, nossos artesãos estão a todo vapor trabalhando para tirarem do papel as nossas loucas ideias kk.

7. Como virá a escola, em relação a nº de alas, componentes, quantos setores serão o desfile?

Guilherme Diniz: Nosso carnaval será distribuído em três setores e dispostos em 15 alas. Acredito que a coesão vai ser o ponto alto da escola neste Carnaval. Estamos trabalhando bastante junto com nossa equipe geral para por a Unidos de Bangu no lugar dela, a Marquês de Sapucaí. A escola virá com 500 Componentes.

8. Deixe-nos uma mensagem para a galera que acompanha o Carnaval da Intendente.

Guilherme Diniz: Aos admiradores do nosso trabalho, amigos que torcem por nós e a comunidade de Bangu: vocês podem esperar uma Unidos de Bangu coesa, forte e com a cara de Unidos de Bangu (Pegando Fogo). Agradecemos desde já a todos que estão caminhando junto conosco e desejamos a todos os amigos Carnavalescos de outras agremiações muita sorte e felicidades neste Carnaval de 2017.

Muito obrigado Guilherme Diniz Cadilhe pela participação e ótimo Carnaval!

*Observação: Na foto de abertura do tópico estão os Carnavalescos da escola: Rodrigo Marques (à direita) e Guilherme Diniz (à esquerda).