GRÊMIO RECREATIVO ESCOLA DE SAMBA LEÃO DE NOVA IGUAÇU

CARNAVAL 2018 

ENREDO: COM VAIDADE À FLOR DA PELE O LEÃO EXALTA A DIVINA BELEZA HUMANA

SINOPSE

Beleza é fundamental, já nos dizia o poeta… E a vaidade está presente em todo ser humano, pois de uma forma ou de outra estamos sempre buscando um jeito de mudarmos algo em nossa aparência, e para melhor, é claro! Com isso podemos nos agradar e também agradarmos aos olhares alheios.

Mas até onde vale a pena viver em busca dessa perfeição? O que é ser belo? Onde está o manual do tal padrão de beleza? Por mais que as mídias nos direcionem a seguirmos determinados estilos, nós ousados que somos, buscamos sempre uma forma de nos diferenciarmos diante de uma sociedade cada vez mais exigente com a aparência.

Sabemos que a beleza está no sentirmos bem, ou nos olhos de quem vê. Mas também não nos custa nada de vez em quando darmos “um tapinha” no visual… Como cuidar da pele, tratar do cabelo ou mesmo usarmos de quaisquer artifícios que juntamente com nosso “charme natural” nos tornem mais felizes.

Na mitologia existem vários personagens e episódios que se fazem correlacionar com o nosso dia-a-dia. Trazendo assim um maior entendimento do nosso ser. Inspirações como Afrodite (Deusa da beleza), Apolo (Deus da beleza e da perfeição)… Narciso que ao contemplar sua própria beleza perdeu a vida se transformando numa flor. São histórias e mitos que se aproximam da nossa realidade, afinal somos movidos a este instinto de admiração pelo nosso próprio ser. E isso é essencial para a valorização humana.

Não é de hoje que o ser humano usa e abusa de artifícios para o embelezamento do corpo. Os cuidados em manter-se e mostrar-se bonito vem desde a pré-história, onde homens e mulheres já se tatuavam usando terra e vegetais.

Com o passar dos tempos os egípcios foram descobrindo fórmulas para cuidar da pele, fazendo uso de perfumes e maquiagens… Dizem até que a vaidade era tão grande que muitos pediam para que após a morte fossem enterrados com seus cremes e poções de beleza.

Cleópatra, a Rainha egípcia foi precursora de vários experimentos, como banhos com leite de cabra e de burra. Usava também loções a base de giz, vinagre de maça e água para o tratamento facial, entre tantos outros produtos revolucionários para a época.

Na Grécia antiga a higiene e o banho de sol eram primordiais para que se mantivessem belos. Além disso, os gregos sempre deram muita importância aos corpos bem torneados e musculosos, afinal diziam que o homem bonito também era sinal de inteligência. Porém as mulheres “coitadas”, eram obrigadas a se reprimirem escondendo toda sua beleza em baixo de muita roupa.

Mas houve um período na idade média em que a higiene e o uso de cosméticos na Europa desapareceram, pois o cristianismo reprimia todo tipo de cuidado com a pele, e ensinavam que os males do corpo só poderiam ser curados com a intervenção divina. Por isso em várias regiões tomava-se banho apenas uma vez por ano e a higiene pessoal resumia-se em lavar as mãos e rosto diariamente.

Já na idade moderna, o humanismo coloca o homem como centro do universo. Foi aí que surgiu o renascimento fortalecendo a busca pela beleza, momento em que a arte ganhou liberdade e pintores retratavam mulheres com a pele limpa e jovial. Como Mona Lisa de Leonardo da Vinci.

Os Índios são os maiores exemplos de vaidade; adornos e alargadores representam poder, sabedoria e virilidade. Seus corpos sempre foram base para diversas manifestações religiosas, culturais e artísticas, além disso, a pintura corporal pode ser vista necessária esteticamente assim como é a roupa para o homem branco.

Desde crianças o universo lúdico nos transporta às histórias onde o tema central é a beleza, e em um dos mais famosos clássicos infantis a madrasta má da Branca de neve não se conforma com tanta beleza da menina e, ordena que a matem para que possa continuar sendo a mais bela das mulheres.

Crescemos vendo nossas mães cuidando dos afazeres domésticos, porém sem jamais se descuidarem da aparência… Entre um almoço e um jantar sempre arrumaram um tempinho para pintarem as unhas, fazerem as sobrancelhas ou criarem um novo penteado.

Mas a evolução chegou trazendo novos recursos que fazem com que os corpos se transformem como num passe de mágica, são peitos medidos em “ml”, bundas que se desenvolvem de um dia para o outro, narizes afinados, bocas engrossadas e barriguinhas lipadas. São as intervenções cirúrgicas invadindo os corpos e o mercado da beleza.

Um mercado vasto onde também existe um universo de cremes, óleos e tintas que acabam fazendo parte do nosso cotidiano. Tudo isso numa era em que a chapinha é uma das companheiras mais querida das mulheres, realizando os sonhos de quem quer ter os cabelos cada vez mais lisos. No mesmo momento em que o crespo corre na contramão e samba na cara do preconceito, reforçando a democratização dos estilos.

Cada um na sua! Enquanto algumas mulheres desfilam suas belas magrezas nas passarelas, corpos sarados desfilam pelas praias e calçadões mostrando tudo que conseguiram com muita malhação… Biceps, triceps e barriguinhas trincadas.

Mas tem também aqueles que “sem medo de serem felizes” travestem-se mudando totalmente sua aparência e fazendo inveja às “monas” de plantão. É a diversidade de gêneros lutando pelo seu espaço.

Tenta-se de tudo em busca de uma tez perfeita e jovial. Existem também tratamentos exóticos como máscara de argila, veneno de cobra e de abelha, e até esfoliações com cristais estão em alta entre as famosas.

Quem é que não quer mostrar-se bonito? Temos sim que tentarmos de tudo para sairmos bem na foto, aliás, as redes sociais estão ai, e o povo fala mesmo! Mas se nenhum desses recursos acima relatados der jeito, e já que poderemos ser alvo de comentários, é melhor retocarmos a foto antes de postarmos. Será bem mais seguro!

Nosso município hoje é um dos maiores produtores de cosméticos do país, contribuindo para o grande desenvolvimento industrial e levando para o mundo a qualidade dos nossos produtos com a marca Brasil, fato que muito nos orgulha!

Mas hoje minha escola traz para a avenida os produtos mais poderosos e eficazes para o rejuvenescimento e preservação da beleza… É o Sorriso, o bom humor e a alegria de ser sambista! Estes produtos vão além do corpo… Invadem e embelezam a alma… E é por isso que “com muita vaidade à flor da pele, meu Leão exalta a divina beleza humana”.

Amauri​ ​Santos