Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos da Villa Rica

Carnaval 2019 – Série C

Enredo: “África Brasil: Sangue, Suor e Lágrimas. A Herança que nos Uniu.”

Carnavalesco: Juniel Dias

Compositores: Junior, Fio, Moisés Portela, Jeje da Cuíca, Renato Lopes e Léo Rangel

Intérprete: Mário Sérgio Hugo

África mãe soberana, terra sagrada dos Orixás / Na dor formou a sua história

Com amor mostrou o seu valor / Teve o seu coração partido / Lágrimas derramou

Ao ver a tristeza nos olhos / Dos filhos que gerou

Submetidos a escravidão entregues a própria sorte

Foram humilhados, sentiram na alma o castigo do chicote

Semearam seus costumes e tradições em solo brasileiro

Ao desembarcar do navio negreiro

Hoje tem jongo e capoeira / Samba de terreiro, caruru, vatapá, abará

Que a senhora liberdade não demore a chegar

Vamos romper barreiras, acabar com a exclusão / Combater o racismo

Valeu Zumbi, sua luta não foi em vão / Mostrar a força da negritude

A rica herança dos nossos ancestrais / Basta de tanta desigualdade

Quero direitos, dignidade

Agô Atotô, Kaô Kabecilê, Exu abra os caminhos / Mata a minha sede de vencer

Na batida do tambor, trago axé / África e Brasil unidos pela fé

Corre o sangue negro em nossas veias / Sou Villa Rica sou cultura afro brasileira

Sem título