Parceria dos Compositores Odmar do Banjo, Tim do Táxi, Marcelo Poesia, Carlinhos Devagar e Henrique Pris foi a grande vencedora

Na noite de quinta-feira (6), a Unidos de Manguinhos realizou a grande final da disputa de samba-enredo que teve como resultado a vitória dos compositores Odmar do Banjo, Tim do Táxi, Marcelo Poesia, Carlinhos Devagar e Henrique Pris.

A verde, rosa e branco levará para a Intendente Magalhães em 2019 o enredo ‘Carnevale’ assinado pelo carnavalesco Diângelo Fernandes. Quatro parcerias participaram do concurso. De acordo com o presidente Carlos Alberto, o evento foi uma prova de que a agremiação segue firme em seu processo de resgate.

– Foi uma festa maravilhosa, a nossa comunidade abraçou a escola e espero que esse crescimento seja contínuo. A Unidos de Manguinhos é nossa agremiação de coração e trabalharemos para que sejamos campeões. Nosso objetivo maior é a Sapucaí – declarou o presidente.

A festividade contou com a apresentação do intérprete oficial da escola, Barata Benevenuto, da bateria “Ritmo Firme” de mestre Jean Baleado e rainha Ysa Santos, casais de mestre sala e porta bandeira, passistas, velha guarda e baianas. Também estiveram presentes personalidades do mundo do samba entre elas representantes da Acas – Associação Clube Amigos do Samba, Liga responsável pelos desfiles da Série E e mestre Lolo, diretor de bateria da Imperatriz Leopoldinense.

Confira o áudio e a letra do samba:

A festa já começou / Vamos que o rei mandou cair na folia

Chegando a família real / Surgiu o carnaval, só alegria

Agradeço ao Zé Pereira / Começou a brincadeira

Com seu bumbo original / Ranchos, Corsos e Cordões

Arrastando as multidões pela Avenida Central

Deixa Falar, Estação Primeira / Vai Como Pode levanta o astral

Primeiras escolas a brilhar no meu Rio / Vi abrir as portas do Municipal

Da Rio Branco à Sapucaí / Veste a fantasia vem se divertir

No Bafo da Onça, Cacique de Ramos / Sambódromo é festa há 35 anos

Luz, câmeras e som na Intendente / Nossa história não é diferente

Tem altos e baixos, mas na Avenida / Comunidade está de bem com a vida

Quem vai a luta quer ser campeão / É verde, rosa e branco nosso pavilhão

Chegou Manguinhos batam palmas sou raiz / O samba faz o povo mais feliz

Seja criança ou baluarte vem sambar / Nesse teatro a céu aberto popular

Fotos: Luiz Claudio Menezes