Carnaval 2019 – Grupo B: 2ª Raízes da Tijuca

Publicado por

BLOCO CARNAVALESCO CULTURAL E RECREATIVO RAÍZES DA TIJUCA

O bloco que faz a diferença!

*

Fundação: 07/05/1995 (24 anos)

Cores: Vermelho e Branco

Símbolo(s):

Bairro: Tijuca

Sede/Quadra: Rua Potengi, s/nº, Tijuca, Rio de Janeiro, RJ

Barracão:

Presidente Administrativo: Sebastião Pinto Gonçalves

Vice-Presidente Administrativo:

Escola Madrinha: G. R. E. S. Acadêmicos do Salgueiro

Bateria: Mão de Pedra

raizes

Carnaval 2019

Grupo B da FBCERJ

Ordem de Desfile: 2ª Bloco a desfilar no Sábado de Carnaval, dia 02/03/2019, na Estrada Intendente Magalhães, Campinho, RJ

45542420_1251797484962209_6527577243051360256_n

Enredo: “O PODER ANCESTRAL FEMININO”

Logo: Divulgada

Sinopse: Divulgada

https://sambanaintendente.blog/2018/11/06/o-poder-ancestral-feminino-confira-a-sinopse-da-raizes-da-tijuca/

Carnavalesco: André Tabuquine

Diretor de Carnaval:

Diretor de Barracão:

Diretor de Harmonia:

1º Casal de MS e PB: Pablo Coelho Caldas e Lara Fernandes de Souza

Coreógrafo da Comissão de Frente:

Coordenadora da Ala de Passistas:

Diretor da Ala das Baianas:

Diretor da Galeria da Velha Guarda:

Diretor da Ala das Crianças:

Presidente da Ala de Compositores:

Diretor de Bateria: Mestre Marcos Ferreira dos Santos

Rainha de Bateria:

Musa(s):

Autores do Samba-Enredo: Beto Canção, Gilmarques e Selmarques

Intérprete: Renato Penna

Samba-Enredo: Definido

História: O B. C. C. Raízes da Tijuca é um bloco carnavalesco do Rio de Janeiro. Sua sede fica no bairro da Tijuca, mais precisamente no Morro do Sagueiro, Zona Norte, tendo como escola madrinha o Acadêmicos do Salgueiro.

O Bloco Raízes da Tijuca, “o bloco que faz a diferença”, iniciou sua trajetória quando se observou que muitos sambistas da comunidade estavam esquecidos e poucas pessoas fantasiadas desciam o morro no carnaval.

Em 07/05/1995, 25 sambistas reunidos no Morro do Salgueiro, fundaram o Bloco Carnavalesco Cultural Recreativo Raízes da Tijuca, que tem as cores do Salgueiro, vermelho e branco.

Teve como primeiro Presidente “Mauro Torrão”.

Nos dois primeiros anos desfilaram como bloco de embalo distribuindo alegria pelas ruas adjacentes ao Moro do Salgueiro.

Em 1998, filiaram-se a FBCERJ e desfilaram no 4º Grupo em Vista Alegre. Nesse ano, o diretor de bateria Marcelo “Pica-Pau”, por motivos particulares, não compareceu ao desfile, sendo substituído por Marcos de Morais, que no decorrer do tempo e com o bom manejo de sua batuta obteve sucessivas notas dez, sendo convidado para integrar o quadro de diretor de bateria do Salgueiro sob o comando de Mestre Marcão. Com o enredo “Africando nas Raízes da Tijuca”, o bloco obteve o 2º lugar e subiu para o Grupo 3.

Em 1999, conquistou o seu 1º título desfilando pelo Grupo 3.

Em 2006, foi campeão do Grupo 1 dos Blocos apresentando o enredo em homenagem a Clóvis Bornay, “Sua majestade Clóvis Bornay, sinônimo de carnaval“.

Em 2009, o Raízes da Tijuca homenageou Joãozinho Trinta, com o enredo “Os primórdios de João Trinta“. O bloco terminou na 3ª colocação do Grupo 1.

Fonte(s): Samba na Intendente e Wikipédia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s