GRÊMIO RECREATIVO BLOCO CARNAVALESCO IMPÉRIO DO GRAMACHO

“Meu Gramacho a voz que invade a alma / Um amor que não tem explicação”

ImperiodoGramacho_filme
Casal de MS e PB, Carnaval de 2015 Foto: Heraldo HB

Fundação: 09/03/1972 (47 anos)

Cores: Verde e Rosa

Símbolo(s): Estrela

Bairro: Gramacho, Duque de Caxias

Sede/Quadra: Rua Pedro Lessa, 110, Gramacho, Duque de Caxias, RJ

Barracão: Rua Pedro Lessa, 110, Gramacho, Duque de Caxias, RJ

Presidente Administrativo: Emílio Reis da Silva Romualdo

Vice-Presidente Administrativo:

Escola Madrinha: G. R. E. S. Estação 1ª de Mangueira

Bateria: Puro Balanço

Santo Padroeiro: São Sebastião

28795292_420047125100365_8803649012142964736_n

Carnaval 2019

Grupo A da FBCERJ

Ordem de Desfile: 7ª Bloco a desfilar no Sábado de Carnaval, dia 02/03/2019, na Av. República do Chile, Centro, RJ

 

Enredo: “O SAMBA EM NOITE DE GALA

Logo:

Sinopse: Divulgada

https://sambanaintendente.blog/2018/11/24/o-samba-em-noite-de-gala-confira-a-sinopse-do-imperio-do-gramacho/

Carnavalescos: Comissão de Carnaval, formada por: Jorge Luís, José Márcio “Jacaré” e Cid Souza

Diretor de Carnaval:

Diretor de Barracão:

Diretor de Harmonia:

1º Casal de MS e PE: Belenzinho e Mary

Coreógrafo da Comissão de Frente:

Coordenadora da Ala de Passistas:

Diretora da Ala das Baianas:

Diretor da Galeria da Velha Guarda:

Diretor da Ala das Crianças:

Presidente da Ala de Compositores:

Diretor de Bateria: Mestre Roberto Cara de Boi

Rainha de Bateria:

Musa(s):

Autores do Samba-Enredo: Carvalho, Heleno Dias “Leno”, Luiz Carlos, Marx Sander “Mark PQD”, João Perigo, Ivo Pontual, Maurício Juliano, Júlio Page, Sr. Wilson, Branco, Dá Silva, Antônio Amaral e Carlos Ahumada

Intérpretes: Português, Luiz Carlos, Branco, Antônio Amaral

Samba-Enredo: Definido

E moleque / O som do pandeiro anuncia / A lua alumia o menino sonhador

O cavaco chorou… / Na roda… Incorpora!

É samba de gafieira / De malandro versador / Que só volta ao bangalô

Quando amanhece na ladeira / Estação Primeira… Do meu coração!

Ôôôô… Gira baiana… Tabuleiro de quindim

Ecoava um tamborim lá no Morro de Mangueira

Ôôôô… Quando a saudade apertou / A voz que não cala… Cantou

Interpretei a vida / Nas entrelinhas do amor / Uma doçura sofrida / Um delicado tenor

A noite engalanada seduziu a multidão / A minha apoteose… Inspiração

Me perdoe mas eu vou chorar / Quando o Império passar

Quando a coroa  brilhar / E o povo cantar

Meu Gramacho a voz que invade a alma / Um amor que não tem explicação

Um sonho lindo colorido em verde e rosa / Melodia do Mestre Jamelão

História: O G. R. B. C. Império do Gramacho é uma bloco de enredo do bairro de Gramacho da cidade de Duque de Caxias/RJ, que participa do carnaval do Rio de Janeiro.

Suas cores são verde e rosa, assim como a de sua escola-madrinha a Estação 1ª de Mangueira.

Foi criado por Clodomiro de Oliveira, avô do atual presidente Emílio Reis. É o único bloco carnavalesco existente em Gramacho que tem sede administrativa, barracão e ateliê. Preto Rico, Pelado, Padeirinho são os compositores do primeiro samba da agremiação em 1972.

Em 1996 foi campeão do Grupo 4.

Foi campeão em 2005 do Grupo 2 com o enredo “O Império canta e encanta o século dourado do Brasil“.

Também participa do carnaval de sua cidade, porém, em 2008, apesar de inscrito, não compareceu ao desfile em Duque de Caxias.

Em 2011, foi vice-campeão do Grupo 2, apresentando o enredo “Pierre Veger e a Bahia de todos os santos”.

No ano de 2012, sagrou-se campeão do Grupo 2 dos blocos, ao ganhar no critério de desempate da Colibri de Mesquita no quesito samba-enredo. O enredo foi “Radiante Eu Vou a Maior Festa do Mundo, O Carnaval!

Em 2016, foi campeão do Grupo 1 com o enredo “Brasil Festeiro“.

Em 2018, foi vice-campeão do Grupo 1, apresentando o enredo “Ciência, Superstição”.

Fonte(s): Samba na Intendente, Wikipédia, Site da Federação de Blocos Carnavalescos do Estado do Rio de Janeiro