SÉRIE DE ENTREVISTAS COM OS CARNAVALESCOS DA INTENDENTE MAGALHÃES

Publicado por

Marcyo de Olliveira e Marco Aramha – Carnavalescos da Mocidade Unida do Santa Marta que desfilará no Grupo B em 2016

Enredo: SANTA MARTA CONTA A HISTÓRIA ENCANTADA DOS BRINQUEDOS

  1. Como é fazer carnaval na Intendente Magalhães?

Marcyo de Olliveira: Para mim e o Marco fazer carnaval na Intendente Magalhães está sendo um retorno ao carnaval do Rio, após três carnavais trabalhando no carnaval do Rio Grande do Sul. Mesmo distante do carnaval da Intendente, vínhamos acompanhando o crescimento e o amadurecimento de várias escolas de samba que desfilam nas séries B, C, D e E. As dificuldades são parecidas tanto nas escolas de samba que desfilam na Sapucaí ou no Grupo Especial de Porto Alegre em relação a questão de apoio financeiro “patrocínio”, a única diferença é o tamanho da estrutura do carnaval a ser criado. Porém, vejo um amor maior dos componentes das escolas de samba que desfilam na Intendente que estão ali para defenderem a sua escola do coração ou a sua comunidade ou por um sentimento familiar e não por que, nesse ano, é a escola de samba da moda ou por que está desfilando na Sapucaí.

  1. Fale-nos um pouco do enredo da escola?

Marco Aramha: O enredo da Mocidade Unida do Santa Marta é “Santa Marta conta a história encantada dos brinquedos”. Nosso enredo conta a história do brinquedo através da imaginação, de uma singela boneca de pano que ganha alma e consciência e relembra seu passado e história contada por outros brinquedos, iniciando na pré-história passando por grandes civilizações, tocando o sentimento da memória de antigos brinquedos até chegar à modernidade.

  1. Quais são as expectativas da escola para este carnaval?

Marcyo de Olliveira: A expectativa é de conquistarmos a vitória no carnaval de 2016, pois a comunidade está forte e unida, com o samba na ponta da língua, ela abraçou o enredo, pois muitos lembraram das suas infâncias, tocando muito a comunidade pela emoção.

  1. Como está o barracão da escola (fantasias e alegoria(s))?

Marcyo de Olliveira: A alta do dólar e a crise financeira forçaram os profissionais de carnaval a buscar alternativas criativas mais do que nunca para realizar os seus projetos para encantar o público na avenida. Apesar da crise, o nosso projeto não sofrera alteração e estamos dentro do nosso cronograma previsto e do ritmo da escola. Em tempo de crise seria óbvio a reciclagem e adaptação de materiais e elementos já utilizados. Porém, o projeto de carnaval da Mocidade Unida do Santa Marta conta um forte apelo digital em estampas e outros setores.

  1. Como virá a escola, em relação a nº de alas, componentes, quantos setores serão o desfile?

Marco Aramha: Estamos dividindo o desfile da Mocidade Unida do Santa Marta em três setores com 20 alas, dois triples e um carro alegórico. Desfilaremos entre 450 a 700 componentes.

  1. Deixe-nos uma mensagem para o povo que acompanha o carnaval da Intendente.

Marcyo de Olliveira: Não percam o desfile da Mocidade Unida do Santa Marta, pois será um desfile que encantara e emocionara o público com memória da infância através dos brinquedos.

Muito obrigado Marcyo de Oliveira e Marco Aramha pela participação e bom carnaval!

*Observação: Na foto de abertura do tópico estão Marcyo de Olliveira à esquerda e Marco Aramha à direita, carnavalescos da escola.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.