O G. R. E. S. Império Ricardense, presidido por Jatir Costa, apresentou as fantasias para o próximo Carnaval. Elas foram batizadas de acordo com a letra do samba, dentro do possível. A escola irá apresentar o enredo LA ULTIMA NOCHE DE CARNAVAL dos Carnavalescos Arilton Smith e Fábio Giampietro.

As fantasias da escola são totalmente gratuitas.

Ala 1 – Orgulho da Espanha. São 20 componentes

14633078_1355238747862005_2232292597450355402_n

Ala 2 – A Ambição Era a Riqueza

O príncipe das Astúrias levava à bordo 11 estátuas de bronze e milhares de moedas de ouro entre outras. Existe a suposição do Capitão ter forjado o naufrágio movido pela ambição. O Navio após o naufrágio do seu irmão gêmeo Titanic era o mais imponente de sua época. Projetos ambiciosos com finais trágicos.

14915546_1357734187612461_768082770455613122_n

Ala 3 – Vaidoso Eu Vinha de Lá

Tivemos a felicidade do samba campeão da autoria de Samir Trindade, Júnior Trindade, Mari Oliveira e Bruno Oliveira. Ter o próprio navio como narrador da história. Sendo assim o próprio relata suas qualidades, se vangloria de ter sido dado de presente ao Rei, de ser o orgulho da Espanha e de andar carregado de tantos tesouros. Sendo assim a Validade do mesmo não podia deixar de ser exaltada.

14955841_1356683231050890_2815473149887441124_n

Ala 4 – Navegantes do Destino

Extra oficialmente à bordo do príncipe das Astúrias estavam cerca de mais de mil clandestinos imigrantes que fugiam da guerra na Europa. O que coloca o desastre não só o maior em águas brasileiras que oficialmente é, mas como o maior da história mundial superando seu irmão gêmeo o Titanic. O que ficou comprovado com corpos e sobreviventes que não faziam parte nem da tripulação e da lista oficial de passageiros. Um deles o bisavô do ator Erson Capri que anos mais tarde deu depoimentos importantes para dois livros que foram escritos do naufrágio. O ator recentemente fez uma reportagem exibida no fantástico, a mesma foi justamente a inspiração para que pudéssemos conhecer e contar a história. E sob a luz do luar, quis o destino me levar… Como diz a letra do nosso samba. Navegantes do Destino será composta por 15 adultos e 15 crianças.

14907698_1357867424265804_4269360076546358226_n

Ala 5 – Lá Carta Magna

A Argentina era o destino traçado do príncipe das Astúrias na sua sexta e última viagem que partiu da Espanha com onze estátuas de bronze que iriam finalizar o monumento construído na Argentina em parceria entre os países, parceiros na guerra, também como comemoração do centenário da independência platina. As estátuas eram sem dúvida os tesouros mais valioso à bordo pelo cunho cultural e histórico.

14907677_1358674854185061_3995446441107879509_n

Ala 6 – Herói ou Vilão

Formada por nossos fundadores e compositores. Serão 40 capitães na avenida que irão representar o comandante do navio. Para muitos herói, para tantos outros o vilão.

14955849_1359145457471334_6211902024375436353_n

Ala 7 – Rota Imprópria. Quem me conduziu? Só Deus saberá

Destino? Ambição? Acaso? Fatalidade? O que levou o príncipe das Astúrias a ir parar em Ilhabela? Porque escolher uma rota tão improvável e perigosa?

14900590_1359145484137998_7151133373011818583_n

Ala das Baianas “Imensidão do Mar”

Na parte lúdica do enredo o navio surtou… Nosso narrador como diz a letra do samba “No balanço das ondas lá vou eu, levo o bronze a prata e o ouro que é meu… Me apaixonei por ela, lá nas profundezas linda Ilhabela”. Ele se apaixona em águas brasileiras, pela beleza do local e fica por lá eternamente.

14907244_1359933104059236_7106745485395465679_n

Bateria e Ala de Passistas

Representarão a morte, a passagem da superfície pro fundo do mar. Na verdade o baile de carnaval que acontecia no salão principal do navio não permitiu que os navegantes percebessem a tragédia. Daí num delírio nosso que certamente foi o que aconteceu, eles continuaram o baile no fundo do mar. Vai acontecer muita coisa nesse momento em nosso desfile. As roupas terão todas aparência de submersas que as fotos não podem mostrar. Algumas vocês só verão no desfile. E nossa alegoria também entrará nessa grande brincadeira subaquática comandada por Netuno, sereias e seres marinhos em meio à Pierrot, arlequins e colombinas. Mascarando a tristeza com o turbilhão de alegria que nossa escola promete ser. Convidamos vocês à mergulharem em mais uma aventura da nossa novata escola. Quem desfilou ano passado viu o nosso comprometimento com componentes e público. Dessa vez além do visual, prometemos literalmente um baile. Vocês vão ficar de fora? Como diz o samba 2017.

“Eu sou Império no meu nome eu já falei. / De onde eu vim, pra que cheguei. / Não adianta me segurar. / A minha coroa sempre vai brilhar.”

Ala 10 – Pierrot na Festa Subaquática

Ala 11 – Arlequim na Festa Subaquátiva

Ala 12 – Colombina na Festa Subaquática

Ala 13 – Máscaras Venezianas

Ala 14 – Carnaval no Fundo do Mar

“A escola deixará uma lição na avenida: que a alegria suplanta a tristeza, mesmo nas condições mais adversas, que neste caso é o contágio da alegria nos seres marinhos. Eu tive essa luz de viajar por esse lado, pois imagina falar de uma mega tragédia em pleno carnaval. kkk Depois de ler cinco livros sobre o naufrágio me veio essa inspiração o que me possibilitou viajar nas fantasias também”, nos disse o Carnavalesco Fábio Giampietro.

O Império Ricardense será a 11ª escola a desfilar na Série E da LIESB, no Sábado dia 04/03/2017, na Estrada Intendente Magalhães, Campinho., Rio de Janeiro.