Fundado em 19 de abril de 1967 com as cores amarelo e preto, o Grilo de Bangu é um bloco carnavalesco de grande tradição e importância da Zona Oeste do Rio de Janeiro. Grandes nomes do samba como Paulinho Mocidade e Wander Pires iniciaram suas carreiras na agremiação.

A poucos dias do Carnaval de 2016, faleceu o Carnavalesco Osmar Costa e Adriano Soares chegou para ajudar na construção da alegoria do bloco para o desfile. Passado o carnaval, o Presidente Celso Oliveira Júnior convidou Adriano Soares para desenvolver o desfile de desse ano. Convite aceito, iniciou-se o planejamento.

Foi montado um cronograma para o Carnaval de 2017 visando um melhor desempenho, apesar de toda dificuldade financeira que as agremiações de menor porte passam.

O primeiro passo foi a escolha de um enredo autoral que permitisse trabalhar com materiais alternativos e reciclados, sem que se perdesse qualidade, originalidade e beleza. O segundo passo foi definir um samba que traduzisse o enredo de forma alegre, leve e contagiante. O terceiro foi sair em busca dos materiais que diversas agremiações descartam, o chamado lixo dos desmanches, para acrescentar aos produtos comprados e iniciar a construção do carnaval 2017.

Surgiu o Enredo: Filhos do Sol e da Lua, que contou a influência da Cultura Cigana a partir da chegada dos primeiros representantes ciganos até os dias atuais no Brasil. E o resultado do trabalho foi o campeonato após 17 anos, passando do grupo 2 de blocos de enredo para o grupo 1, além do prêmio de Melhor Alegoria do Prêmio Samba na Veia.

Para o Carnaval 2018, o Carnavalesco Adriano Soares não fechou nada ainda. Segundo ele, está avaliando propostas de algumas escolas.

Confira o Roteiro do desfile do Grilo de Bangu em 2017

1º SETOR: A Chegada dos Ciganos no Brasil (crenças, ofícios, símbolos, oráculos)

Comissão de Frente – Ritual do Fogo

1º Casal de Mestre-Sala e Porta-Estandarte – O Encontro do Sol e da Lua

Carro Abre-alas: “A Caravana”

Ala 1 – A Coruja (O Equilíbrio)

Ala 2 – Forjadores (Ferreiros)

Ala 3 – Numerologia

Ala 4 – Quiromancia

Ala 5 – Cleromancia

Ala 6 – Cartomancia

Ala 7 – Os Leques de Zingarah

Ala 8 – Ciganos

2º SETOR: A Influência da Cultura Cigana em nosso dia-a-dia

Ala 9 – Trevo da Sorte

2º Carro: “Jogos de Sorte”

Ala 10 – Jogos de Raspar

2º Casal de Mestre-Sala e Porta-bandeira – Rei e Rainha

Ala 11 – Poker

Ala 12 – Bingo

Ala 13 – Roleta

Ala 14 – Croupier

Ala 15 – Bandoleiros