Desde abril o GRES BALANÇO DO FONSECA vem fazendo várias mudanças para o carnaval 2018. A escola de Niterói foi a primeira a lançar seu enredo para o próximo ano, “PELAS ESTRADAS DA VIDA, A MAGIA CIGANA”, do carnavalesco Renato Rosa, será o tema da agremiação que irá contar na avenida a história dos ciganos. A escola está construindo um projeto plástico diferente para o desfile.

Assim como a contratação do carnavalesco para dar uma nova cara a escola do Fonseca, o diretor de carnaval Carlinhos está de volta a agremiação, mas as mudanças não param por aí. No dia 04 de novembro, junto com a final do samba-enredo, a escola irá coroar Andréa Martins como rainha da bateria, o convite partiu do carnavalesco Renato Rosa com o aval do presidente Anderson Negut.

“- Pra mim é uma honra ter a Andréa em nossa agremiação, a conheci quando fazia um trabalho na Renascer de Jacarepaguá em 2012 e nos tornamos amigo desde então. Tenho certeza que ela irá representar muito bem nossa escola a frente da bateria e irá somar com seu talento, profissionalismo e beleza essa nova fase do Balanço do Fonseca”, disse Renato Rosa.

Andréa Martins, essa carioca da Ilha do Governador, começou cedo no mundo do samba, aos 15 anos já esbanjava samba no pé e acredite quem quiser, ela aprendeu a sambar sozinha apenas olhando pela televisão e assim passou a se dedicar a sua grande paixão pela dança! Ela que já mostrou todo seu gingado em várias escolas de samba, começou como rainha de bateria no Gres. Boi da Ilha do Governador, depois como passista na União da Ilha do Governador, Caprichosos de Pilares, Unidos do Viradouro, até ingressar no concurso de musa da comunidade do Gres. Unidos do Porto da Pedra, consagrando-se vitoriosa e assim passou a representar a escola na avenida. Também foi finalista do concurso de rainha do carnaval carioca em 2010, conquistando o 4° lugar.

Em 2011 foi dançarina do programa “Esquenta” da rede Globo e passou a defender os pavilhões do Gres. Renascer de Jacarepaguá e Gres. Inocentes de Bel Ford Roxo. No ano de 2012, Andréa estreou no carnaval de São Paulo como musa do Gres. Águia de Ouro, por onde permaneceu no posto por tês anos e também Participou do quadro “Musa do Caldeirão” do programa “Caldeirão do Huck” (Rede Globo), representando o Gres. Renascer de Jacarepaguá. Mais foi num ensaio técnico do Gres. Renascer de Jacarepaguá em 2012, que Andréa causou grande impacto ao aparecer no sambódromo carioca, semi nua, com as artes do artista plástico Romero Britto pintadas em seu corpo, Desde então, a bela morena tomou gosto pela coisa e passou a desfilar por várias escola somente com pinturas em seu corpo, ficando então conhecida como a “musa das pinturas”, apelido que a tornou consagrada no mundo do samba!

No ano de 2013, passou a fazer parte do time de musas do Gres. Unidos de Padre Miguel por onde participou de três carnavais. Em 2014 teve seu retorno à União da Ilha do Governador (sua escola do coração), desta vez como musa da agremiação, neste mesmo ano desfilou pela União de Jacarepaguá, Unidos de Padre Miguel e Renascer de Jacarepaguá. Em 2015 estreou no carnaval de Belo Horizonte como rainha de bateria do Gres. Canto da Alvorada e no Rio desfilou pela União da Ilha e Unidos de Padre Miguel. Atualmente a “musa das pinturas” segue na Unidos de Padre Miguel e retorna como musa da Renascer de Jacarepaguá, após anos longe da agremiação.

Andréa é casada e mãe de dois filhos, muito vaidosa, costuma cuidar da saúde e da beleza mantendo uma alimentação balanceada e exercícios físicos regularmente para manter a boa forma.