Grêmio Recreativo Escola de Samba União de Jacarepaguá

União é raça / União é povo / Se bobear dá União de novo

Ninguém poderá seu brilho ofuscar / És a estrela mais linda / E sempre vai brilhar / Ninguém poderá seu brilho ofuscar / Minha União de Jacarepaguá

Bandeira_do_GRES_União_de_Jacarepaguá

Fundação: 15/11/1956 (60 anos)

Cores: Verde e Branco

Símbolo(s): Aperto de Mão e 2 Cavalos Marinhos

Bairro: Campinho

Sede/Quadra: Estrada Intendente Magalhães, 445, B, Campinho, Rio de Janeiro, RJ

Barracão: Rua Carlos Xavier, 397, Osvaldo Cruz, Rio de Janeiro, RJ

Presidente: Reinaldo Bandeira da Costa

Presidente de Honra:

Vice-Presidente: Ana Lívia R. da Costa

Escola Madrinha:

Bateria: Ritmo União

História: O G. R. E. S. União de Jacarepaguá é uma escola de samba da Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro.

A União de Jacarepaguá nasceu da fusão de duas escolas de samba famosas que existiam na região de Jacarepaguá: Corações Unidos de Jacarepaguá, na época representada por Aloysio Domingos da Cruz, e Vai se quiser, que tinha como presidente Júlio Pinto.

Os grandes incentivadores desta fusão foram Joaquim Casemiro da Silva (o famoso Calça Larga, do Salgueiro), Hermes Rodrigues, Ministrinho, Lourival Cassado, todos da Mangueira, e Expedito Silva, da Portela.

A primeira sede foi na Rua Bruges, 62. Depois, passou a ensaiar num terreno na Rua Cândido Benício quase esquina da Rua Capitão Menezes, no Esporte Clube Palmares, no Clube 28 de Agosto, nos campos da Nova América Rio-São Paulo e atualmente na Estrada Intendente Magalhães em Campinho.

As cores verde e branca representam a esperança e a paz. Suas cores também deram o apelido à agremiação, “arroz com couve”.

De 1957 a 1965, apesar de não conseguir boas colocações, a escola manteve-se no desfile principal, e a partir de 1966 a escola não mais conseguiu chegar ao Grupo Especial.

A escola possui um título no Carnaval Carioca conquistado em 1998 desfilando no Grupo D. A União apresentou o enredo “Emplumados na Folia, Chegou o Nosso Dia” do Carnavalesco: Jorge Mendes.

No ano seguinte, a escola conseguiu mais uma ascensão, retornando à Marquês de Sapucaí desfilando pelo Grupo B em 2000.

Em 2002, a escola já desfilava no Grupo A, porta de entrada para a elite do carnaval. Permaneceu nesse grupo até o ano de 2005.

No ano de 2004, apresentou um carnaval de nível, com o belíssimo samba em homenagem a cidade do Rio de Janeiro, terminando na 4ª colocação no Grupo A, com o enredo “Rio de Janeiro – O Rio que o mundo inteiro ama”.

No Carnaval 2009, a União de Jacarepaguá homenageou o cantor e compositor Paulinho da Viola, com o enredo A toda hora rola uma história, com samba e chorinho de Paulinho da Viola. Paulinho teve o seu primeiro contato com uma escola de samba em 1962 na própria União, começando sua carreira na ala dos compositores. O homenageado desfilou no último carro alegórico. A agremiação ficou na 6ª colocação, mantendo-se no grupo para 2010.

No Carnaval 2010, a escola homenageou o Retiro dos Artista no enredo “Da morada da esperança ao grande palco do sambista, somos todos iguais nesta noite, somos todos artistas”, do Carnavalesco Alexandre Louzada, ficando na 5ª posição.

No Carnaval 2011, a União de Jacarepaguá continuou com o carnavalesco Alexandre Louzada, que em dupla com Edson Pereira, apresentaram o enredo sobre a história da feijoada, obtendo a 6ª colocação.

Para 2012, a escola trouxe o Carnavalesco Waldecyr Rosas que desenvolve o enredo Um pequeno grande rei, terminando na 8ª colocação.

Para 2013, a escola trouxe o experiente Jorge Caribé que se junta ao Carnavalesco Ney Júnior, num enredo sobre a cidade de Vassouras.

Para 2014, a escola trouxe o enredo “Iorubás – a história do povo Nagô” do Carnavalesco Jorge Caribé, terminando no 15° lugar, o que decretou seu rebaixamento para a Série B.

Nos últimos anos, apesar da escola ter feito grandes carnavais, apontados pela mídia especializada como uma das favoritas aos campeonatos, os resultados não vieram e a escola desfilará no Carnaval de 2018 na Série D.

Fonte: Samba na Intendente e Wikipédia

gres_uniao_de_jacarepagua-1354904720-10-e

Carnaval 2018

Grupo: Série D

Ordem de Desfile: 12ª Escola a desfilar no Domingo de Carnaval, dia 11/02/2018, na Estrada Intendente Magalhães, Campinho/RJ

Enredo: “CARUARU: CAPITAL DO FORRÓ E DO SÃO JOÃO MAIS ARRETADO DO BRASIL.”

18644424_1414155121957018_745881804_n

Logo: Divulgada

Sinopse: Divulgada

https://sambanaintendente.blog/2017/07/10/confira-a-sinopse-da-uniao-de-jacarepagua/

Carnavalesco: Jorge Caribé

Diretor de Carnaval: Ney Lopes

Diretor de Barracão: Sérgio Cavalcante

Diretor de Harmonia: Fábio Souza e Guilherme

1º Casal de MS e PB: Pedro Figueiredo e Paula Campos

2º Casal de MS e PB:

Coreógrafo da Comissão de Frente: Samuel Martins Barbosa

Coordenador da Ala de Passistas:

Diretora da Ala das Baianas: Tia Nanci e Bira

Diretor da Velha Guarda: Dona Expedita

Presidente da Ala de Compositores:

Diretor de Bateria: Mestre Marcus Vinícius Olympio

Rainha de Bateria: Caroline Lima “Carol”

Musas: Gabriela Azevedo, Dani Explosão, Heloísa Borges, Daiana Pires, Thamara Oliveira, Tamara Lemos, Thaís Maravilhosa

Assessoria de Imprensa:

Autores do Samba-Enredo: Elson Ramires, Lopita 77, Dona Ivanísia, Girão, Beto Rocha, Thiago Alves, Gigi da Estiva e Antônio Conceição

Intérprete: Tuninho Azevedo

Samba-Enredo: Definido

Ai meu padim, que saudade do sertão / Molhar a terra sob o sol

Pular fogueira e soltar balão / Fazer arte em palha de bambu

E expor na feira de Caruaru / Por onde andei fui seguindo a minha fé

Paguei promessa de joelho e de pé / Forroziei bate coxa à noite inteira

Com meu amor, muié rendeira

Salve São Pedro, Salve São João / Viva Santo Antônio, pega ela gavião

Olha  a cobra, é mentira / No carnaval, tem quadrilha

Tem pipoca e fubá / Na barraca da sinhá

Casamento na roça, colorido lá no céu / Nosso Mestre Vitalino, poesia de cordel

Vem cá morena linda flor mandacaru / Morena linda, minha flor Caruaru

Puxa o fole sanfoneiro / Zabumbeiro cantador

Me vesti de verde e branco pra cantar o meu agreste / Cabra da peste mostra o seu valor

O forró tá arretado, arretado de bom / Pegue seu par e vem pro arraiá 

Pedacinho do Nordeste é a União / União de Jacarepaguá