Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos do Dendê

O Dendê é show! O Dendê é festa! O Dendê é alegria! Arrebenta bateria!

Nasci no celeiro de bamba / Sou baluarte do samba / Sou Dendê, sou Dendê, sou Dendê

Bandeira_do_GRES_Acadêmicos_do_Dendê

Fundação: 25/06/1992 (25 anos)

Cores: Azul e Branco

Símbolo(s): Pomba Branca voando sobre a Comunidade, Aperto de Mão

Bairro: Tauá – Ilha do Governador

Sede/Quadra: Estrada do Dendê, 191, Tauá – Ilha do Governador, Rio de Janeiro, RJ

Barracão: Rua Carlos Xavier, 397, Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, RJ

Presidente: Marcos Albuquerque “Marquinho Gêmeo”

Presidente de Honra:

Vice-Presidente:

Escola Madrinha: G. R. E. S. Unidos de Vila Isabel

Bateria: Balanço Geral

História: O G. R. E. S. Acadêmicos do Dendê é uma escola de samba da Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro. A escola conquistou 3 campeonatos e 4 vice-campeonatos desfilando nos grupos de acesso.

O Acadêmicos do Dendê se originou do antigo Bloco Unidos do Dendê, de 1965, depois da extinção do Bloco Unidos da Cova da Onça. Posteriormente, personalidades como Alcides Pinheiro “Cid”, Moacir, Filinho, Tino, Benizário, Fizinho, China e Aurélio se reuniram na residência do Sr. Alcides localizada no Morro do Dendê afim de formar a nova Comissão de Carnaval.

Dessa maneira foram escolhidos como presidente, tesoureiro, diretor de harmonia, carnavalesco e diretor de bateria, respectivamente, os senhores Alcides, China, Moacir, Benizário e Tino. O bloco se tornou então, o grande campeão da categoria banho de mar a fantasia e em campeonatos internos na Ilha do Governador.

Um breve intervalo nas atividades do Unidos do Dendê contribuiu para o surgimento de dois novos blocos: Canarinhos e Falange. Em 1990, a união desses dois grupos daria um novo impulso ao carnaval da comunidade; formou-se com força total o Bloco de Embalo Unidos do Dendê.

Nessa empreitada reuniram-se então, José Carlos, Jorge, Irani, Ubiraci de Oliveira, Marta Pereira, Val, Maria e João que com sua imensa contribuição para o sucesso do bloco o denominou como Bloco Carnavalesco Unidos do Dendê consagrando-se campeão em 1991. No ano seguinte o bloco alcançou o título de G.R.E.S. Acadêmicos do Dendê, tendo como cores o azul e o branco, que decoram o seu pavilhão.

Em 1993 foi vice-campeã do Grupo de Avaliação com o enredo: “Tem cupido no samba”.

Em 1994 foi campeã do Grupo C com o enredo “Ser chic na avenida chique”.

Campeã do Grupo B em 1995, “Essa água é fogo”, a Acadêmicos do Dendê, acabou tendo que disputar novamente o mesmo Grupo em 1996, por causa da extinção da LIESGA. Não deu outra, a escola apresentou-se mais uma vez muito bem, como o enredo “Prédio Roubado, Ponha-se na Rua… Ora pois pois”, conquistando o vice-campeonato, o que lhe valeu uma vaga no Grupo de Acesso A em 1997.

Em 1997 a escola foi a 9ª colocada do Grupo A, “Do pasto, fantasia, do gado, alegoria” sendo rebaixada para o Grupo B.

Depois de um ano sem desfilar, por causa de brigas internas, a agremiação voltou em  2000 à avenida para homenagear os 500 anos do Descobrimento do Brasil.

Em 2001 foi campeã do Grupo E apresentando o enredo “Kid Morengueira, o malandro no Dendê”.

Em 2007 foi vice-campeã do Grupo D com o enredo “Licença vamos pedir, pra nossa folia brincar, quem quiser entre na dança, se assim lhe agradar!”

A escola vem dois rebaixamentos seguidos em 2016 e 2017.

Fontes: Wikipédia, Academia do Samba e Samba na Intendente

Carnaval 2018

Grupo: Série E

Ordem de Desfile: 9ª Escola a desfilar no Sábado, dia 17/02/2018, na Estrada Intendente Magalhães, Campinho/RJ

Enredo: “FEIRA DE CARUARU”

20264986_120936341862554_2878625656645309340_n

Logo: Divulgada

Sinopse: Divulgada

https://sambanaintendente.blog/2017/08/02/academicos-do-dende-divulga-sua-sinopse/

Carnavalesco: Luiz Guilherme Alexandre

Diretor de Carnaval:

Diretor de Harmonia:

1º Casal de MS e PB:

2º Casal de MS e PB:

Coreógrafo da Comissão de Frente:

Coordenador da Ala de Passistas:

Diretora da Ala das Baianas: Sheila dos Santos Almeida “Tia Sheilinha”

Diretor da Velha Guarda:

Presidente da Ala de Compositores: André Lopes “André Cabeça”

Diretor de Bateria:

Rainha de Bateria:

Musa:

Assessoria de Imprensa:

Autores do Samba-Enredo:

Intérprete: Ed Lima

Samba-Enredo: