Carnaval 2022 – Acadêmicos do Dendê / Série Bronze

Publicado por

GRÊMIO RECREATIVO ESCOLA DE SAMBA ACADÊMICOS DO DENDÊ

O Dendê é show! O Dendê é festa! O Dendê é alegria! Arrebenta bateria!

Nasci no celeiro de bamba / Sou baluarte do samba / Sou Dendê, sou Dendê, sou Dendê!

Fundação: 25/06/1992 (28 anos)

Cores: Azul e Branco

Símbolo(s): Pomba Branca voando sobre a Comunidade, Aperto de Mão

Escola Madrinha: G. R. E. S. Unidos de Vila Isabel

Santo Padroeiro: São Jorge

Bairro: Tauá – Ilha do Governador

Sede/Quadra: Estrada do Dendê, 191, Tauá – Ilha do Governador, Rio de Janeiro, RJ

Barracão/Atelier: Estrada do Dendê, 191, Tauá – Ilha do Governador, Rio de Janeiro, RJ

Presidente Administrativo: Nilton Fernando de Oliveira

Vice-Presidente Administrativo: Alan Lopes de Oliveira Alves

Presidente de Honra: Comendador Beto Morcego

Diretor Administrativo/Patrimônio: Maciel

Tesoureiro: Ednaldo Medeiros

Diretor Jurídico: André

Diretor Social: Daniel Oliveira

Secretária: Luciana Moura

Carnaval 2022

Grupo: Série Bronze da SUPERLIGA

Ordem de Desfile: _ª Escola a desfilar no Domingo de Carnaval, dia 27/02/2022, na Estrada Intendente Magalhães, Campinho, RJ

Enredo: “UMA VIAGEM ENCANTADA AO IMAGINÁRIO INFANTIL”

Logo: Divulgada

Sinopse: Divulgada

Confira a Sinopse da Acadêmicos do Dendê

Autores da Sinopse: Comissão de Carnaval

Carnavalescos: Bernard Basílio Leon da Silva e Mário Luiz da Silva Bandeira

Diretor de Carnaval: Daniel Ghanem

Diretor Geral de Harmonia: Edson Honorato Santos

Diretor de Barracão:

1º Casal de MS e PB: Raphael Nascimento e Cassiane Figueiredo

2º Casal de MS e PB: Gabriel Coutinho Coleto e Patrícia Machado

Coreógrafo da Comissão de Frente: Renan Silva  de Moraes

Coordenadora da Ala de Passistas: Soraya Leal Santos

Presidente da Ala das Baianas: Edinilson Cavalcanti

Presidente da Galeria da Velha Guarda: Luiz Carlos Alves

Responsáveis pela Ala das Crianças: Geisa Pinheiro e Juliane Lemos

Diretoras do Departamento Feminino: Luciana e Nena

Chefe das Alas Reunidas:

Bateria: Balanço Geral

Mestre de Bateria: Sagui

Diretores de Bateria: Faustino, Jobinha, Nem, Jefferson, Renilson, Ronaldo, Glauco, Claudinha (Agogô), Lurdinha Gláucio Duque e Binho Beija-Flor

Rainha de Bateria: Viviane de Souza “Vivi D’Sousa”

Rainha da Escola: Nanda Marques

Musa(s):

Assessoria de Imprensa: Leonardo “Léo”

Presidente da Ala de Compositores: Carlos Augusto da Silva Oliveira “Mistura”/”Carlinhos Fuzil/Carlinhos Fuzileiro”

Diretor Musical: Orlando “Orlandinho”

Autores do Samba-Enredo:

Intérprete: Doum Moreira “Doum Guerreiro”

Cantor(es) de Apoio: Cesário e Macalé

Instrumentista(s): Evando Alves Carioca (Cavaco), Fábio Fernandes “Fabinho” (Cavaco) e Douglas (Violão)

Samba-Enredo:

*

História: O G. R. E. S. Acadêmicos do Dendê é uma escola de samba da Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro. A escola conquistou 3 campeonatos e 4 vice-campeonatos desfilando nos grupos de acesso.

O Acadêmicos do Dendê se originou do antigo Bloco Unidos do Dendê, de 1965, depois da extinção do Bloco Unidos da Cova da Onça. Posteriormente, personalidades como Alcides Pinheiro “Cid”, Moacir, Filinho, Tino, Benizário, Fizinho, China e Aurélio se reuniram na residência do Sr. Alcides localizada no Morro do Dendê afim de formar a nova Comissão de Carnaval.

Dessa maneira foram escolhidos como presidente, tesoureiro, diretor de harmonia, carnavalesco e diretor de bateria, respectivamente, os senhores Alcides, China, Moacir, Benizário e Tino. O bloco se tornou então, o grande campeão da categoria banho de mar a fantasia e em campeonatos internos na Ilha do Governador.

Um breve intervalo nas atividades do Unidos do Dendê contribuiu para o surgimento de dois novos blocos: Canarinhos e Falange. Em 1990, a união desses dois grupos daria um novo impulso ao carnaval da comunidade; formou-se com força total o Bloco de Embalo Unidos do Dendê.

A Acadêmicos do Dendê já foi azul, vermelha e branca como a União da Ilha do Governador. Foi a partir de 1993, que passou a ser azul e branco como a sua escola madrinha a Unidos de Vila Isabel. O antigo escudo da escola representava: o pandeiro – é o samba nossa cultura carioca primordial;  a comunidade com pipas ao alto – uma cidade no alto que Deus ilumina e as crianças nosso futuro; a pomba branca com um galho de oliveira no bico – o Dendê pede paz; as bandeiras cruzadas – a união dos blocos extintos como Unidos da Ligação e Unidos da Cova da Onça; o aperto de mãos – união de origens e religiões (sem racismo, credos e diferenças).

Nessa empreitada reuniram-se então, José Carlos, Jorge, Irani, Ubiraci de Oliveira, Marta Pereira, Val, Maria e João que com sua imensa contribuição para o sucesso do bloco o denominou como Bloco Carnavalesco Unidos do Dendê consagrando-se campeão em 1991. No ano seguinte o bloco alcançou o título de G.R.E.S. Acadêmicos do Dendê, tendo como cores o azul e o branco, que decoram o seu pavilhão.

Em 1993 foi vice-campeã do Grupo de Avaliação com o enredo: “Tem cupido no samba”.

Em 1994 foi campeã do Grupo C com o enredo “Ser chic na avenida chique”.

Campeã do Grupo B em 1995, “Essa água é fogo”, a Acadêmicos do Dendê, acabou tendo que disputar novamente o mesmo Grupo em 1996, por causa da extinção da LIESGA. Não deu outra, a escola apresentou-se mais uma vez muito bem, como o enredo “Prédio Roubado, Ponha-se na Rua… Ora pois pois”, conquistando o vice-campeonato, o que lhe valeu uma vaga no Grupo de Acesso A em 1997.

Em 1997 a escola foi a 9ª colocada do Grupo A, “Do pasto, fantasia, do gado, alegoria” sendo rebaixada para o Grupo B.

Depois de um ano sem desfilar, por causa de brigas internas, a agremiação voltou em 2000 à avenida para homenagear os 500 anos do Descobrimento do Brasil.

Em 2001 foi campeã do Grupo E apresentando o enredo “Kid Morengueira, o malandro no Dendê”.

Em 2006 foi vice-campeã do Grupo D com o enredo “Com trabalho e cultura os afros-descendentes constroem o Brasil”.

Em 2007 foi vice-campeã do Grupo C com o enredo “Licença vamos pedir, pra nossa folia brincar, quem quiser entre na dança, se assim lhe agradar!”

A escola teve dois rebaixamentos seguidos em 2016 e 2017.

No carnaval de 2020, a escola foi 4ª colocada do Grupo de Avaliação e ascendeu para o Grupo Bronze.

Fonte(s): Wikipédia, Academia do Samba e Samba na Intendente

Ficha Técnica de 2018: https://sambanaintendente.blog/2017/08/13/serie-e-academicos-do-dende-9a/

Ficha Técnica de 2019: https://sambanaintendente.blog/2018/11/12/carnaval-2019-serie-e-academicos-do-dende/

Ficha Técnica de 2020:

Acadêmicos do Dendê / Carnaval 2020 / Avaliação

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.