GRÊMIO RECREATIVO ESCOLA DE SAMBA DIFÍCIL É O NOME

Simbora Difícil é o Nome, vai começar o show!

Sou a escola do futuro na avenida / Difícil é o Nome é razão da minha vida

Difícil é o Nome minha vida, meu amor / O nosso sonho vai se realizar / Sou a flor-de-lis, a tua raiz / Pra sempre vou te amar

Bandeira_do_GRES_Difícil_é_o_Nome

Fundação: 31/03/1973 (45 anos)

Cores: Vermelho e Branco

Símbolo(s): Flor-de-Lis

Bairro: Pilares

Sede/Quadra: Av. Dom Hélder Câmara, 6.990, Pilares, Rio de Janeiro, RJ

Barracão: Rua Carlos Xavier, nº 397, Oswaldo Cruz, RJ

Presidente Administrativo: Dr. José Baraçal Grande

1ª Dama: Dona Rose Baraçal Grande

Vice-Presidente Administrativo: Jurandir Zero Zero

Vice-Presidente Financeiro: Baraçal Junior “Ninho”

Presidente de Honra: Hélio Baraçal “Maneco Baraçal”, in memorian

Escola Madrinha: G. R. E. S. Unidos do Jacarezinho

Bateria: Twister

Carnaval 2019

Grupo: Série C

Ordem de Desfile: 5ª Escola a desfilar na Segunda-Feira de Carnaval, dia 04/03/2019, na Estrada Intendente Magalhães, Campinho, RJ

logo 6 C

Enredo: “THÉATRON – A DIFÍCIL ENTRA EM CENA E FAZ DA INTENDENTE MAGALHÃES O SEU PALCO ILUMINADO”

Logo: Divulgada

Autor da Logo: Edinho Mileipp

Sinopse: Divulgada

https://sambanaintendente.blog/2018/10/23/leia-a-sinopse-da-dificil-e-o-nome/

Carnavalesco: Jorge Bahia

Diretor de Carnaval:

Diretor de Barracão:

Diretor de Harmonia:

1º Casal de MS e PB: Wladimir Bulhões e Ângela Bulhões

2º Casal de MS e PB: Victor e Kauanna

Coreógrafo da Comissão de Frente: Wanderson Santos

Coordenadora da Ala de Passistas: Tuany de Paula

Diretora da Ala das Baianas: Dona Rose Baraçal Grande

Diretor da Velha Guarda: Roberto

Presidente da Ala de Compositores:

Diretor de Bateria: Mestre Zumbi

Rainha de Bateria: Aline Almeida

Coordenador de Musas e Destaques: Gabriel Bonifácio

Musa(s): Dayane Rodrigues, Janna Lima, Jéssica Vieira e Simone

Diretor de Comunicação:

Assessoria de Imprensa:

Autores do Samba-Enredo: Jorginho Moreira, Professor Laranjo, Márcio de Deus e William do Salão

Intérprete: Lid Souza

Cantor de Apoio: Fabrício Alves

Samba-Enredo: Divulgado

Veio de longe esta arte milenar / Evocando os mitos

Nascia o dom de representar / Na Grécia o Deus do Vinho renasceu

Ao seu encanto o teatro floresceu / Chega Roma ganha Mundo

Com requinte de nobreza / Da arena ao palco iluminado / Cenário de rara beleza

“Medeia”, “Troianas”, “Édipo Rei” / Com Molière me encantei

Personagens e autores geniais / Obras imortais

Com jesuítas em plena missão / Ergueu-se o “palácio da encenação”

Ser ou não ser eis a questão / Vem da batucada o musical / Aplausos na passarela

Pra Ópera do Carnaval / Assim minha escola tão bela / Os atores da flor-de-lis

Entram em cena / Na esperança de um final feliz

Hoje a “peça” é o amor / Uma história de emoção

Lindo ato de paixão / Bravo! Bravo! Bravo! / Difícil é o Nome do meu coração

História: O G. R. E. S. Difícil É O Nome é uma escola de samba da Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro, fundado no dia 31 de março de 1973 como bloco de enredo filiado a FBCERJ.

O consagrado e vitorioso bloco carnavalesco do subúrbio de Pilares, a Difícil é o Nome, inscreveu-se na AESCRJ como escola de samba em 1989, após uma crise vivida na Federação dos Blocos da Cidade do Rio de Janeiro, que levou a ausência de desfiles no ano anterior.

Em sua estreia, desfilando no Grupo de Avaliação (5ª divisão) terminou na 3º posição homenageando o apresentador Sílvio Santos no enredo “Seu sorriso é a nossa alegria – Sílvio Santos”.

Foi campeão em 1994 do Grupo 2 com o enredo “Obaluajê, a festa da libertação” do Carnavalesco Paulo Menezes. Destaque para o belo samba composto por Deni Poeta, Joel José, Paulo Roberto e Jair Sapateiro.

Em 1995 fez sua estreia no Grupo A com o enredo “A grande Estrela – o Sol” terminando na 11º colocação sendo rebaixada.

A Difícil é o Nome homenageou o ex-presidente da FIFA, João Havelange, no Carnaval de 1996 desfilando no Grupo B o enredo “João, nosso João”, terminando na 4ª posição.

Em 1997, a escola foi rebaixada para o Grupo C na Intendente Magalhães.

O ator Stephan Nercessian, após ter se desentendido com a direção da Caprichosos de Pilares, passou a desfilar na Difícil é o Nome, chegando a ser enredo da escola em 2003 (O Notável Stephan Nercessian), e ter contribuído para que a escola homenageasse o Retiro dos Artistas em 2005.

Em 2006, ensaiou uma reação, voltando a desfilar na Marquês de Sapucaí no Grupo B, mas foi rebaixada em 2007.

Nos anos de 2011 e 2012 desfilou na Passarela do Samba pelo antigo Grupo B.

Em 2017 a escola terminou na 3ª colocação da Série D apresentando o enredo “Difícil é não amar! Quadrilha do Sampaio – 60 anos de história”, uma bonita homenagem à Quadrilha do Sampaio, um dos mais antigos grupos de dança junina do Brasil fundado por Carmen Perrotta.

Fontes: Samba na Intendente, Wikipédia, Galeria do Samba e http://www.sosamba.com.br/carnaval/escolas/escola_2010.php?id_escola=107