Erica Duarte assume a vaga deixada por Marcela Tavares que se desligou da agremiação

Buscando o campeonato pela Série D do carnaval carioca, a Mocidade Unida do Santa Marta reforça os seus quesitos e anuncia a nova primeira porta-bandeira para o Carnaval 2019, quando levará para a Intendente Magalhães o enredo “Dona Marta é superstar no país onde a carne mais barata do mercado é a carne negra”, desenvolvido pelo carnavalesco Eduardo Gonçalves. Erica Duarte chega para, ao lado de Tchetchelo, defender o pavilhão azul e branco.

Erica já é velha conhecida do mestre-sala Tchetchelo. Juntos, defenderam o pavilhão clementiano e neste carnaval retomam a parceria, dessa vez na azul e branca de Botafogo. Formada pelo projeto de mestre Manoel Dionísio, iniciou sua carreira com apenas 11 anos de idade. A nova porta-bandeira já passou por Unidos de Lucas, Unidos do Cabuçu, Vizinha Faladeira, São Clemente e Unidos de Padre Miguel. Fora do carnaval é psicóloga.

– São 10 anos de parceria, então temos muito entrosamento, nós nunca deixamos de dançar juntos, o trabalho agora é fechar uma coreografia de acordo com o samba e ensaiar bastante até o dia do desfile – enfatizou a nova defensora do pavilhão.

Tchetchelo iniciou a carreira em 1983 na São Clemente, onde atualmente é o segundo mestre-sala e está no Santa Marta desde a sua fundação em 1992, com alguns intervalos. Fora das agremiações de Botafogo, já passou por Villa Rica e Unidos de Padre Miguel.

– Nosso trabalho será pautado em muito profissionalismo e respeito ao nosso pavilhão e a comunidade. Faremos de tudo para termos um belíssimo carnaval com o objetivo de trazer os 40 pontos com muita responsabilidade e muito amor ao nosso trabalho. Estou muito feliz com a retomada da parceria e podem esperar muita garra e dedicação – promete o mestre-sala.

Com o objetivo de buscar o título em 2019, a dupla já se prepara com rotina de ensaios intensos para conquistar os 40 pontos na Avenida.

ericaduarteepedromiranda28presidente29

Foto: Divulgação