👑 RAINHAS DA INTENDENTE

Nome: Natália Arueira

Rainha de Bateria do Botafogo Samba Clube

Profissão: Jornalista

Idade: 31 anos

Escolas do Coração: Beija-Flor de Nilópolis, Unidos de Vila Isabel e Botafogo Samba Clube

1. Como foi o seu início no samba?

Desde pequena meu pai me levava aos ensaios de rua da Vila Isabel, onde moro até hoje. Meu primeiro desfile foi aos 15 anos na Beija-flor como baianinha em 2003. Fui também baianinha do Salgueiro de 2007 a 2009. Desde então não me desliguei mais do Carnaval.

2. Conte-nos a sua trajetória no Carnaval? Por quais agremiações já desfilou?

Cheguei a desfilar em comissão de frente (Unidos do Cabral 2004 e Tuiuti 2006). Fui baianinha da Beija-Flor e do Salgueiro e desfilei em alas coreografadas na Unidos do Viradouro, Caprichosos de Pilares e Alegria da Zona Sul. Depois de algum tempo, fui convidada pelo Guilherme Alves, meu colega de faculdade, para participar do Mais Carnaval. Desde 2014 até hoje faço a cobertura do Carnaval o ano todo junto com a equipe do canal no YouTube.

3. O que significa/representa ser Rainha de Bateria na Intendente?

Ser Rainha de Bateria na Intendente é estar conectada à essência do Samba. É dar o seu melhor em prol da agremiação e transmitir alegria a todos os presentes.

4. Além de reinar na escola, você também desfilará por outras agremiações em 2019?

Não, apenas farei a cobertura do Carnaval na Sapucaí como nos últimos anos.

5. Como é a sua relação com a sua comunidade? Rainha de Bateria tem que ser da comunidade?

Sou recém-chegada na escola. Fui muito bem recebida por todos, sem exceção! Nunca acompanhei o mundo esportivo, mas meu pai é um botafoguense doente e sempre vivi muito o Botafogo por conta disso. Quando me chamaram para ser Rainha de Bateria fiquei surpresa com a oportunidade mas decidi entrar de cabeça. A nossa comunidade é feita por torcedores e admiradores do Botafogo, mas estamos abertos a receber todos sem distinção.

Acredito que Rainha de Bateria não precisa ser necessariamente da comunidade. Claro, acho que as escolas têm que cada vez mais valorizar as meninas que constroem uma história lá dentro. Mas para as que vêm de fora, existem outras formas de se pertencer à comunidade através, por exemplo, da dedicação, entrega e presença.

6. Qual a sua posição sobre as Rainhas de Bateria que pagam/compram a vaga para reinarem a frente de baterias? Você pagaria?

Não tenho nada contra. É uma troca. Muitas vezes essas rainhas trazem divulgação à escola através da sua imagem. Eu, particularmente, não pagaria pois não tenho isso como um projeto de vida. Divirto-me desfilando em qualquer lugar/posição da escola.

7. Como é a sua preparação para o Carnaval?

Tendo assumido faltando pouco mais de duas semanas para o Carnaval, apenas estou restringindo alguns alimentos que contém açúcar e evitando frituras. Faço acompanhamento com a minha nutricionista, Ana Paula Moura.

8. Qual é a sua ídola no carnaval (na função)?

Admiro muito a Raíssa de Oliveira, rainha de bateria da Beija-Flor.

9. Quais são os segredos para reinar a frente da sua Bateria?

Como estreante, ainda estou desenvolvendo meus segredos. Inspiro-me muito nas dicas dadas pelas rainhas veteranas Sabrina Sato e Camila Silva, que entendem muito do assunto.

10. Qual é o seu maior sonho?

Meu maior sonho é que o Carnaval das Escolas de Samba resgate essa relação de amor com os cariocas como antigamente e receba a devida atenção da gestão pública, principalmente em relação aos grupos de acesso.

12. Deixe-nos uma mensagem para a galera que acompanha o Carnaval da Intendente.

Queria agradecer pelo carinho de toda a equipe do Samba na Intendente e convidar a todos para curtir o desfile da Botafogo Samba Clube, 11ª escola a desfilar pelo Grupo D no domingo, 3/3 na Intendente Magalhães. Estamos preparando uma linda apresentação para todos vocês!

Obrigado Natália Arueira pela participação e ótimo reinado a frente dos ritmistas da Bateria Ritmo Alvinegro do Botafogo Samba Clube!