Novo Império apresentou reforços para o próximo Carnaval

Publicado por

A ARES Novo Império, presidida por Ney Lopes, apresentou mais reforços para sua estreia no Carnaval 2020.

Guilherme Maia será o Diretor de Harmonia do Novo Império

Guilherme Maia começou a desfilar aos 18 anos, no ano de 1980, no Arranco do Engenho de Dentro, passando por Salgueiro, Caprichosos de Pilares e Império do Marangá, Arrastão de Cascadura.

Sua vida administrativa começou em 2008 no Arranco, quando foi tesoureiro, ajudou na harmonia e direção de patrimônio, teve passagens como ritmista na Em Cima da Hora, harmonia e direção de carros na Acadêmicos da Abolição, Arranco, Alegria da Zona Sul, Império da Tijuca, Lins Imperial, Unidos da Ponte, Acadêmicos da Santa Cruz, União de Jacarepaguá e Estácio de Sá (apoio de ala).

Ana Paula Bastos coordenará da ala das Passistas da agremiação

Ana Paula começou no mundo do samba na Estrelinha da Mocidade.

Em 2004 foi passista da Mocidade Independente de Padre Miguel. Foi passistas da Tradição, Unidos de Padre Miguel, Império Serrano, Unidos da Vila Kennedy, Arranco, Imperatriz Leopoldinense, Portela, entre outras.

Em 2010, foi diretora da ala de passistas junto com George na Estrelinha da Mocidade. Foi Coordenadora da Ala de Passistas da Tradição. Foi coordenadora da Ala de Passistas da União de Jacarepaguá onde ficou de 2012 até 2019.

E para o carnaval 2020 aceitou prontamente o convite do presidente para coordenar a ala de passistas da Novo Império ao lado do Luiz Coimbra e coordenar o projeto de formação de novos passistas.

“Fiquei muito feliz com o convite e estou ansiosa para dar início aos projetos em nossa quadra para formar novos passistas”, comentou Ana Paula.

As musas: Thais Maravilhosa e Dani Explosão

Thais Maravilhosa é mais uma Carioca apaixonada pelo Samba e Carnaval. Aos 35 anos esbanjando samba e simpatia é bibliotecária, além de passista da Tradição. Thais foi Musa da Vila Santa Teresa em 2019 e da União de Jacarepaguá em 2018 e 2019.

“É um grande sonho e privilégio fazer parte deste espetáculo que é o Carnaval”, disse a musa Thais.

Por sua vez, Dani Explosão tem 33 anos, carioca, funcionária pública e dançarina profissional. Iniciou sua carreira como dançarina em um grupo de axé, chamado Explosão da Bahia que na época era do coreógrafo David Lima.

O samba entrou em sua vida em 2014, quando foi convidada para ser passista da Acadêmicos de Santa Cruz, depois passou pela ala de passistas da União da Ilha do Governador e Estácio de Sá. Participou de algumas comissões de frente como na Vizinha Faladeira e Unidos do Cabuçu. Em 2016 foi convidada para fazer parte do quadro de musas da União de Jacarepaguá onde ficou por 3 anos seguidos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s