“Tua glória é lutar!”… Conheça o samba campeão da Imperadores Rubro-Negros

Publicado por

O G. R. E. S. Imperadores Rubro-Negros, presidido por Serginho Aguiar, definiu nesta tarde o seu samba-enredo para o próximo carnaval. O samba campeão é o samba de nº 8 dos compositores Ronaldo Nunes, Wagner Guerra, Vinícius Ferreira, Victor Rangel, Rafael Gigante, André do posto 7, Lucas Macedo, Hélio Porto, Henrique Hoffman, Andinho Samara e Sr Pedro.

A escola acabou de realizar sua final de samba-enredo para 2021 numa Live transmitida ao vivo no Canal do YouTube da Fita Amarela, com apresentação de Marcelo Pacífico e Bárbara Mello. O evento contou shows de Neguinho da Beija-Flor, Nego e segmentos da escola, além de ser coroada a nova rainha de bateria da escola Nairine Marques.

Quatro parcerias participaram da grande final. Os sambas se apresentaram na seguinte ordem: 07, 06, 05 e 08.

Samba 07: Autores: Marcelo Valença, Daniel Katar, Vaguinho, Thiago e Bello. Participação especial: Márcio André;

Samba 06: Autores: Robinho, Fernando Sapê, Licio Pádua, Bernardo Lopes e Dilsinho. Intérprete: Kisandro Lourinho;

Samba 05: Autores: Luiz Pião, Tem-Tem Jr, Antônio Conceição, Shumacker, Jacopetti e Gigi da Estiva. Intérprete: Tem-Tem Jr;

Samba 08: Autores: Ronaldo Nunes, Wagner Guerra, Vinícius Ferreira, Victor Rangel, Rafael Gigante, André do posto 7, Lucas Macedo, Hélio Porto, Henrique Hoffman, Andinho Samara e Sr Pedro. Intérprete: Zé Paulo Sierra.

É tempo de calmaria no olhar / A natureza, em maré cheia de paz

Batuques, cores, utopia / A Comunidade assim se faz

Somos a herança de um povo / Em águas que cessavam a harmonia

A pesca a ensinar Kala, em seu saber… / Num brado forte anunciou a travessia

Mboka na Yé / Ê Mboka Kasai / Ê Olélé… / Moliba ê moliba ê makasi

Libertos na canção / Ninguém pode nos calar

Firma na palma da mão / Deixa o batuque ecoar

É “novo tempo” de semear / Eu visto a coragem

Que habita em cada ser / A um lugar mais alto, Imperadores

Vencer, vencer, vencer!!!

Entoar a nossa voz / E o meu sonho alcançar

“Terra e mar, por onde for… ” / Tua glória é lutar!

A escola apresentará no próximo carnaval o enredo OLELÊ, OLELÊ: UMA HERANÇA DO CONTINENTE AFRICANO, que será desenvolvido pelos carnavalescos Rodrigo Marques e Guilherme Diniz.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.