Este slideshow necessita de JavaScript.

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Mocidade Unida do Santa Marta é uma escola de samba do bairro de Botafogo, Zona Sul do Rio de Janeiro, fundada em 8 de março de 1992.  Suas cores oficiais são o azul e branco e seu símbolo é uma onça negra.

A quadra da escola fica localizada na Favela Santa Marta, e após a instalação da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), passou a receber muitos eventos. Sua bateria é apelidada de Furacão Azul e reforça muitos blocos da Zona Sul, entre eles o “Me Esquece” e o “Spanta Nenem” e o tradicional “Simpatia É Quase Amor”.

A escola conquistou seu primeiro campeonato em 1993, ano de sua estreia com o enredo “Africanos no Brasil“. Chegou a desfilar uma vez na Marquês de Sapucaí, em 1998, pelo Grupo B, com enredo sobre Zumbi.

Em 2009, ao abordar o Amazonas e sua cultura popular, a agremiação ficou em 12° lugar, permanecendo no antigo Grupo de acesso D.

No ano seguinte, com o enredo “Axé das Águas”, obteve a 6ª colocação.

Em 2011, comemorando 19 anos de avenida, a escola falou sobre o seu bairro, Botafogo, com o enredo “Botafogo na folia, Santa Marta mais um ano de alegria”, desenvolvido por Cássio Carvalho. A obteve última colocação, e o consequente rebaixamento.

A partir da eleição de Haroldo Fully para Presidente a escola começou uma grande ascensão. Em 2012, ascendeu do Grupo E para o D, com um 3º lugar com o enredo “A Arte de se Expressar Através da Arte”, do carnavalesco Jorge Knnawer.

Para 2013, apostou na formação de uma Comissão de Carnaval, da qual fez parte o carnavalesco Eduardo Gonçalves. Última escola a desfilar, naquele ano a Mocidade homenageou a própria favela Santa Marta, sagrando-se campeã do grupo D.

No ano seguinte, novamente com uma Comissão de Carnaval, apostou num enredo sobre o folclore popular, em um desfile com diversas referências à obra de Monteiro Lobato. Novamente última a desfilar, foi novamente campeã.

Em 2015, a escola conquistou o 5º lugar na Série B com o enredo “O dia em que o povo tomar a rua será carnaval”, dos Carnavalescos Rafael Gonçalves e Vitor Saraiva.

Em 2016, a escola apresentou o enredo “Santa Marta Conta a História Encantada dos Brinquedo”, desenvolvido pelos carnavalescos Marco Aramha & Marcyo de Olliveira, pela Série B da LIESB, terminando na 7ª posição.

Fonte: Wikipédia.