O compositor Ronaldo Nunes acaba de deixar a Direção de Carnaval da Unidos das Vargens para assumir o cargo de Vice-Presidente executivo. Dentro da escola, já acumula uma trajetória de mais de dez anos. Acompanhou o desenvolvimento da agremiação desde a fundação em 2006. “Na época éramos um bloco de embalo e lutamos muito para registrar a escola como bloco de enredo. Conseguimos em 2008 e desfilamos pela primeira vez em Bonsucesso. Foi a decisão mais acertada que tomamos,” afirma Ronaldo Nunes.

A partir de agora a escola de samba do bairro de Vargem Grande, Zona Oeste do Rio, está sob o comando dos Ronaldos, presidente e vice, ambos caminhando lado a lado para uma gestão administrativa bem sucedida. São parceiros de longa data, no samba e na vida. “Nos conhecemos há décadas, nossas famílias já acumulam uns 30 anos de amizade. Compartilhamos da mesma visão administrativa e estivemos juntos  durante todo o processo de amadurecimento da Unidos das Vargens. Meu irmão Ronaldo Nunes já havia exercido o cargo anteriormente e retorna a função de vice-presidente executivo. Pessoa mais indicada para o cargo não há” afirma Ronaldo Fernandes, atual presidente do GRES Unidos das Vargens.

De volta ao grupo B em 2018, a escola promete encantar e surpreender não só aos jurados. Pela primeira vez levará para a avenida um enredo afro, com um tema que mistura muita beleza, vivacidade e magia. Essa é a grande aposta para uma estreia triunfante na Marquês de Sapucaí em 2019. No carnaval 2018, a agremiação será a 6ª escola a desfilar na Estrada Intendente Magalhães, no dia 13 de fevereiro.

Fotos de Diego V. Lopes