Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos de Vigário Geral

Meu azul tem a cor do céu / O branco é a paz / O vermelho é o sangue que corre nas veias / Canta comunidade em alto astral / Eu sou o samba… Sou Vigário Geral

Vou ainda dar o que falar / Vou conquistar o meu lugar / Meu espaço na história do samba… / Sou vermelho sangue / Branco a paz / Azul as cores que me faz seguir a trilha da esperança / Hoje eu sou o samba nova Academia e minha grande alegria / Foi a Ilha que me batizou / Este ano na avenida / Mais um lindo carnaval / Na certeza estar um dia / Lá no Grupo Especial / Da área da Leopoldina / Meu reduto principal / Fica antes de Caxias / Sou de Vigário Geral / Samba no pé / É mão na mão / A nossa fé / Agitando o povão

Bandeira_do_GRES_Acadêmicos_de_Vigário_Geral

Fundação: 13/03/1991 (25 anos)

Cores: Azul, Vermelho e Branco

Símbolo(s): Aperto de Mão e Pomba da Paz

Bairro: Vigário Geral

Sede/Quadra: Quadra David Furtado – Rua Alvarenga Peixoto, 60, Vigário Geral, Rio de Janeiro, RJ

Barracão: Rua Carlos Xavier, 397, Campinho, Rio de Janeiro, RJ

Presidente: Elizabeth da Cunha “Betinha”

Presidente de Honra: Higor Machado

Vice-Presidente: João Bororo

Escola Madrinha: União da Ilha do Governador

Bateria: Envenenada

História: O G. R. E. S. Acadêmicos de Vigário Geral é uma escola de samba da Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro.

Foi fundada por David Furtado. É originária dos blocos “Carinhoso” e “Gregorão” de Vigário Geral, extintos em 1976. Daí veio as cores azul, vermelho e branco, seu símbolo é um coração que dentro vem uma pomba com um aperto de mão.

Logo no seu 1° ano desfilando como escola de samba, pelo Grupo de Avaliação (5ª divisão) foi campeão com o enredo que versava sobre o centenário de Copacabana, “Cem Anos nas Ondas de Copacabana“. A escola foi ascendendo gradativamente até conseguir chegar ao Sambódromo em 1996 pelo Grupo B.

Em janeiro de 2009, houve um impeachment na escola no qual a comunidade compareceu em peso e retirou o então presidente Sebastião Pedro da Silva e elegeu no dia 14/01/2009 a Vice-Presidente Elizabeth da Cunha Soares “Betinha”, que tomou posse como Presidente da agremiação.

Ativista do movimento negro, Abdias do Nascimento, morto em maio de 2011, foi o homenageado no Carnaval de 2012 pela escola no Grupo D. Poeta, político, artista plástico, jornalista, ator e diretor teatral e ativista de destaque do movimento negro e pela defesa dos direitos afrodescendentes em todo país e no mundo, Abdias Nascimento teve sua história mostrada no enredo “Uma Vida de Lutas: Abdias Nascimento”, de autoria dos carnavalescos Afonso Delano e Vinícius Vaitsmann.  A escola terminou na 3ª colocação.

A escola ascendeu dois anos consecutivos. Foi Vice-Campeã em 2016 do Grupo D apresentando o enredo “Maracanã-Guaçu e o Ninho dos Deuses” dos Carnavalescos Alexandre Costa, Marcus Vinícius do Val e Lino Sales e foi 3ª colocada em 2017 do Grupo C com o enredo “Contos do Vigário – Nasce um trouxa a cada minuto” de autoria dos mesmos carnavalescos.

Carnaval 2018

Grupo: Série B

Ordem de Desfile: 1ª Escola a desfilar na Terça-Feira de Carnaval, dia 13/02/2018, na Estrada Intendente Magalhães, Campinho/RJ

Enredo: “DOS TAMBORES AFRICANOS AO BANDONEÓN – TANGO UM SENTIMENTO QUE SE DANÇA”

18155875_10213447138512148_5534165487148112770_o

Logo: Divulgada

Autor da Logo: Daniel Thompson

Sinopse: Divulgada

https://sambanaintendente.blog/2017/06/08/confira-a-sinopse-da-academicos-de-vigario-geral/

Carnavalescos: Lino Sales, Marcus Vinicius do Val e Alexandre Costa

Diretor de Carnaval: Gabriel Macedo

Departamento de Carnaval: Marcos Sacramento, Rafael Coelho, Leela Ribeiro e Márcia

Diretor de Harmonia: Leela Ribeiro

1º Casal de MS e PB: Diego Jenkins e Cris Soares

2º Casal de MS e PB: Caio Araújo e Giselly Assumpção

Coreógrafo da Comissão de Frente: George Louzada

Coordenadora da Ala de Passistas: Bherna Francy

Diretora da Ala das Baianas: Carla Meireles “Carlinha”

Presidente da Velha Guarda: Mário Macedo

Presidente da Ala de Compositores: Walda Souza

Presidente da Ala das Crianças: Elaine Afonso

Diretor de Bateria: Eduardo Alvarenga Mestre “Dudu”

Rainha de Bateria: Andreza Clemente

Musa: Natália Machado

Assessoria de Imprensa: Daniel Thompson e Antônio Carlos Rosa “Carlinhos”

Diretores Sociais: Josimar Viana e Monika Moretty

Autores do Samba-Enredo:

Intérprete: Marcelo Riva

Samba-Enredo:

17264771_286014061829006_8817728323003596208_n