GRÊMIO RECREATIVO ESCOLA DE SAMBA ACADÊMICOS DO JARDIM REDENTOR

CARNAVAL 2018

ENREDO: “CIDADE MARAVILHOSA PRA ENGANAR TURISTA DESLUMBRADO”

“Cidade Maravilhosa… Cheia de encantos mil…” E assim começa, uma das músicas mais famosas em homenagem a nossa Cidade Maravilhosa. Mas, o Acadêmicos do Jardim Redentor, mostra que não só de beleza vive o Rio de Janeiro.

A cidade que tem como cartão postal algumas das mais lindas praias do mundo, como Ipanema, Copacabana, Pão de açúcar, Corcovado, Floresta da Tijuca e o Cristo Redentor. Sempre de braços abertos para receber à todos.

Cidade boemia, das noites na Lapa, das rodas de samba, do pagode e do futebol.

Terra de mulatas e do carnaval… Onde o futebol está na alma e o samba no pé. Terra de São Jorge, Joãos e Marias. Cidade de São Sebastião.

Lugar este, que Deus criou e que a tantos atrai… Hoje, já não é tão cheia de encantos assim.

Onde turistas são assaltados e muitas vezes enganados.

Rio de arrastão, Rio de tristezas e das confusões. Das placas que não levam a lugar nenhum, ou quando ti levam, levam para outros lugares, onde ninguém deveria ir.

Cidade de asfalto, de favelas, becos e vielas. Do táxi que enrola, do Uber que se faz mais rápido. Um Rio de Obras inacabadas e de avenidas sempre engarrafadas.

Aqui não se fala bem nem o Português, que dirá o Inglês. De burguês que vira metralha, ti passa a perna, tira sua paz… Seus sonhos, seu direito de ir e vir, seu modo de agir, seja você homem, mulher, ou glbts.

Um Rio de Janeiro à dezembro, berço de tragédias e palco de lágrimas e perdas de vida, de gente sofrida, de gente querida. Gente igual a gente. Mas, a Acadêmicos do Jardim Redentor, vêm mostrar que este Rio de Janeiro, ainda tem salvação. Este lugar pode ser de paz, saúde, educação e de amor. Que esta terra pode ser segura e tranquila para todos que aqui passar, e que sempre queira voltar.

É este Rio de Janeiro, que nossa escola que ver: um Rio onde pessoas que vão e vêm… Um Rio de gente… Um Rio que de Janeiro à Janeiro, que seja sempre um Rio de bem e da paz. Vamos mostrar que a paz, quem faz, somos nós. Vamos pedir juntos que o nosso Rio de Janeiro, seja sempre a nossa Cidade Maravilhosa.

Carnavalesco Miro Freitas

Referências Musicais

  • Cidade Maravilhosa – Tom Jobim
  • Rio 40 graus – Fernanda Abreu

Referência poética

CIDADE MARAVILHOSA

Cidade maravilhosa

De maravilhas mil, belezas mil.

E também de tristezas mil,

Pobrezas mil, violências mil.

 

Dentre tantos mil,

Milhões são desviados,

Ou talvez lavados

Enquanto outros mil

São enterrados,

Mortos, massacrados!

 

Devolva-nos o Rio!

O Rio de Janeiro

Que de janeiro a janeiro

O que se vê é guerra,

Quando o maior

Clamor é paz!

 

O Rio não é só Leblon,

Nem muito menos Rocinha.

Ele é de todos e todos

Pertencem a ele.

 

Devolva-nos o Rio!

O Rio de Janeiro

Que de janeiro a janeiro

Só é de todos em fevereiro

Quando som da bateria

Da Imperatriz e Viradouro

Substituem o barulho do morro,

Das disputas de traficantes,

Dos gritos agonizantes

De quem não tem onde se esconder!

Devolva-nos o Rio!

Deivid Santos