Grêmio Recreativo Escola de Samba Coroado de Jacarepaguá

Brilha Cidade de Deus!

Como nunca foi diferente, sorri pra mim Coroado!

Sou Coroado sim, paixão que não tem fim!

Bandeira_do_GRES_Coroado_de_Jacarepaguá

Fundação: 20/01/1972 (45 anos)

Cores: Amarelo, Preto e Branco

Símbolo(s): Uma Coroa e dois Jacarés e um Pandeiro

Bairro: Cidade de Deus

Sede/Quadra: Rua da Luz, 1, Cidade de Deus, Jacarepaguá, Rio de Janeiro, RJ

Barracão: Rua Carlos Xavier

Presidente: Eli Alves Gomes

Presidente de Honra:

Vice-Presidente:

Escola Madrinha: São Clemente

Bateria: Pesadíssima

História: O G. R. E. S. Coroado de Jacarepaguá é uma escola de samba da Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro. Dentre seus fundadores estão Deda e Tia Dininha.

A agremiação desfilou até 2014 como bloco de enredo filiado a FBERJ. Desfilando como bloco foi campeão por duas vezes do Grupo 1 (1ª divisão) em 2012 e 2014, apresentando os seguintes enredos respectivamente: “Quem São Vocês? Muito Prazer! Somos Artistas das Ruas!” e “Aluísio Machado, Um “Coroado” Sambista de Fato”.

Desfilando como escola de samba o Coroado possui dois vice-campeonatos nos anos de 2015 e 2016 com os seguintes enredos respectivamente: “Do Sonho à Realidade. O Circo Encantado do Coroado Chegou!” eO Coroado Canta e se Encanta no Faz de Conta do Sítio do Picapau Amarelo”.

A escola em 2017, desfilou na Série C e foi rebaixada à Série D em 2018.

Fonte: Samba na Intendente e Wikipédia.

Carnaval 2018

Grupo: Série D

Ordem de Desfile: 10ª Escola a desfilar no Domingo de Carnaval, dia 11/02/2018, na Estrada Intendente Magalhães, Campinho/RJ

Coroado 3

Enredo: “ÁGUA: A ORIGEM DA VIDA”

21752235_1012642045545717_8959253634102970086_n

Logo: Divulgada

Sinopse: Divulgada

https://sambanaintendente.blog/2017/10/05/confira-a-sinopse-do-coroado-de-jacarepagua/

Carnavalesco: Wellington Silva

Diretor de Carnaval:

Diretor de Harmonia:

1º Casal de MS e PB:

2º Casal de MS e PB: Kamille Macedo

Coreógrafo da Comissão de Frente:

Coordenador da Ala de Passistas:

Diretora da Ala das Baianas:

Diretor da Velha Guarda:

Presidente da Ala de Compositores: Willian Rodrigues

Diretor de Bateria: Mestre Gil

Rainha de Bateria:

Musa: Duda Almeida

Assessoria de Imprensa:

Autores do Samba-Enredo: Valdo, Pitimbú, Valtinho Magal, Branco, Paulinho das Frutas, Geraldo Botafogo, Vagner Silva, Alexandre Alegria

Intérprete: Leonardo Lopes “Léo Capoeira”

Samba-Enredo: Definido

Maravilha! / Obra-prima do supremo criador / Pura cristalina, origem da vida

Que a mãe natureza germinou / Reluz no horizonte um arco-íris fenomenal

Fauna e flora divinais, tesouro e riquezas minerais

Águas que movem moinhos / Saciando a sede, irrigando o  sertão

Águas que banham aldeias / Inocentes riachos, desaguando no ribeirão

Renovando a cada dia, fonte milagrosa de energia

Com fé… Eu peço axé! / Nela me batizo e faço a minha oração

Preservar é obrigação / No segmento de uma nova geração

Ponha a mão na consciência / Veja quanta violência, em nosso habitat

Chora “Mariana”, o “Rio Doce” já não pode respirar

Fenômenos sobrenaturais / Que covardia, isso não se faz

Vamos mudar o curso da história / E alcançar a transformação

O lixo vira luxo, a violência cede a paz / Águas sagradas, oferendas, rituais

Sou Coroado e dou um alerta na avenida / Na ecologia o equilíbrio conquistar

Pesadíssima Bateria, guerreiros das águas / De alma lavada canta Jacarepaguá