Andressa Pandeiro foi coroada como a nova rainha de bateria da Escola de Samba Independente da Praça da Bandeira, no último domingo, na quadra de ensaios provisória da agremiação, no Espaço Cultural João Cândido.

A festa teve inicio com a apresentação do casal de mestre-sala e porta bandeira, Willian Barbosa e Priscila Costa ao som da bateria Terremoto de mestre Geleia e dos cantores Pingo Sargento e Diego Nascimento que na oportunidade cantaram o hino de 2018, que tem como enredo “Heranças da mãe África”, do carnavalesco Ricardo Paulino e Walter Guilherme.

A nova rainha foi coroada pelo presidente da Acadêmicos do Grande Rio, Milton Perácio, que disse estar muito orgulhoso por ver aquela menina que um dia foi escolhida por ele para fazer parte da Ala de Passistas da Escola de Caxias, hoje além de ser uma mulher bonita, com um sambão no pé, alcançar um posto de rainha de bateria em uma coirmã que o fez lembrar do inicio da Grande Rio devido a força de vontade da comunidade em crescer cada vez mais. Ele parabenizou aos dirigentes pela escolha da nova rainha e desejou sucesso para todos.

Muito emocionada Andressa chorou muito no momento que recebeu a coroa e viu seu irmão o mestre-sala Andrey e a porta-bandeira Jessica Barreto, a saudarem com a bandeira da tricolor.

A beldade nos carnavais de 2015, 2016 e 2017 foi rainha dos ritmistas da Alegria do Vilar, sendo detentora de vários prêmios como melhor majestade da Intendente Magalhães.

A rainha recepcionou seus convidados e amigos com petiscos variados e muitos sorrisos. Muitas personalidades estiveram presentes entre as quais: Sandro Avelar que foi homenageado pela agremiação; Gustavo Barros, presidente da LIESB e sua comitiva; presidente da Unidos de Vila Santa Tereza, Patricia Drummond e comitiva; Aninha Absurda; Lili Brito, rainha de bateria da Engenho da Rainha, passistas da Grande Rio.

Durante o evento aconteceu a apresentação das escolas de samba Acadêmicos do Grande Rio e Unidos da Vila Santa Tereza.

Fotos: Divulgação