Coreografando na Intendente / Série de Entrevistas

Publicado por

Coreógrafos da Intendente

Nome: Hayane Larissa

Profissão: Sou estudante de Nutrição e professora de ballet

Escola do Coração: Beija-Flor de Nilópolis

1. Como você descobriu a dança?

Descobri a dança com 5 anos, comecei no Ballet Clássico, depois fui fazendo outras modalidades de Dança como Folclórica, Caráter, Jazz, Contemporâneo e Moderno! Mas a minha maior paixão é o Ballet Clássico. Passei por vários festivais de dança no Rio de Janeiro e algumas Escolas de Dança que me ajudaram muito na minha profissionalização! Com isso possuo o Registro Profissional (DRT) que me ajudou a ter várias conquistas e trabalhos no meio da dança!

2. Conte-nos a sua trajetória no Carnaval?

Eu comecei fazendo parte das Comissões de Frente do Império da Tijuca (2015), da Vila Isabel (2016) e do Paraíso do Tuiuti (2017) e na Intendente Magalhães fiz parte das Comissões de Frente do Jacarezinho (2016/2017/2018/2019), Corações Unidos do Amarelinho (2017), Acadêmicos de Madureira (2017), Unidos de Lucas (2018 e 2019), Mocidade Unida do Santa Marta (2019). Em 2018, a Coreógrafa Renata Monnier me chamou para ser sua Assistente Coreográfica, para ajudar nas coreografias, na organização dos bailarinos, etc… Já fazia parte do elenco da Renata desde 2016 como bailarina! No finalzinho do ano de 2017 veio um convite da Flor da Mina do Andaraí para Coreografar a Comissão de frente 2018 da agremiação. Foi uma surpresa muito grande e eu na mesma hora aceitei, esse que pra mim seria um desafio!

3. Como surgiu este amor pela comissão de frente?

Surgiu quando pisei pela primeira vez na Sapucaí e na Intendente Magalhães e vi que era aquilo que eu queria para minha vida! Vim representando a Escola de Samba, mostrando todo o contexto, toda a história do enredo! A comunidade te abraçando, gritando, festejando! É uma emoção muito grande!

4. Quem é o teu ídolo na função de coreógrafo da comissão de frente?

Pra mim é a Renata Monnier! Por ser uma Coreógrafa que brilhou muito na Sapucaí, e mesmo com as lutas pessoais que ela teve, nunca desistiu e nunca parou, mesmo existindo muito preconceito, ela nunca deixou com que isso a abalasse! E continua aí abrilhantando com suas comissões maravilhosas!!!

5. Uma Comissão de frente inesquecível.

Uma comissão inesquecível foi a que eu participei com o Coreógrafo Jaime Aroxa em 2017 no Paraíso do Tuiuti, enredo Tropicália! Eram uns índios vindo no avanço e tinha um tripé e que na apresentação aos jurados esse tripé abria e tinha uma forma de uma arara que se mexia conforme a letra do samba. Essa arara eram várias meninas pintadas! Foram horas e horas fazendo essa pintura fora os testes que fizemos. Enfim, essa pra mim foi inesquecível!!!

flor 4

6. As comissões de frente perderam a sua função primordial que é apresentar a escola? Você prefere a comissão tradicional ou a moderna?

Nas comissões que passei e passo nenhuma deixaram de apresentar a escola, assim que entrávamos nos jurados nós os reverenciávamos, mostrávamos a escola e reverenciávamos ela também. Isso pra mim é a função de um bom coreógrafo saber que isso tem que ser feito! Tradicional, gosto da comissão com muita dança! Acho que tendo muito efeito perde a essência de comissão de frente!

7. Você pretende coreografar mais escolas em 2020?

Então, eu faço parte da Flor da Mina desde 2018, 2019 e 2020 como Coreógrafa! Espero ter mas convites, mas também ajudo como assistente da Renata Monnier em outras escolas, que pra mim é uma honra!!! Então, venho coreografando junto com ela (Renata)! Somos uma equipe!!!

8. Quem integra a sua Comissão e quando começarão os ensaios?

Quem integra minha Comissão de frente são entre 10 a 12 bailarinos! Minha assistente Renata Monnier que me ajuda! Os bailarinos são: Alex Boocker, Ana Flávia, Jéssica de Souza, Luciano Carvalho, Fabiano Lyke, Giselle, Marcus Santos, Matheus Souza, Thayane Araújo, Victor Monartz, Radley. Começamos os ensaios em Janeiro!

9. Fale-nos da(s) sua(s) Comissão(ões) de 2019?

O enredo da Flor da Mina do Andaraí falava sobre a Floresta da Tijuca e a comissão de frente veio com índios e um pajé e com duas ocas. Terra habitada pelos índios Tupinambás!!!

Unidos do Jacarezinho que fiz parte como assistente coreográfica – enredo Quilombo Negro Resistência: Vamos fazer barulho de negro na avenida! Eram guerreiros! E a Unidos de Lucas que também ajudei como assistente coreográfica nossa comissão falava sobre o galo de Barcelos!

10. Qual é o seu maior sonho?

Meu maior sonho é Coreografar Escola que desfila no Sambódromo! Tanto do grupo Especial quanto do grupo de Acesso! Ficaria muito feliz!

11. Deixe-nos uma mensagem para a galera que acompanha o Carnaval da Intendente.

O meu muito obrigada! E continuem acompanhando o nosso trabalho lindo que acontece na Intendente Magalhães! Ali temos pessoas fortes que lutam para mostrar para vocês o melhor das escolas! E como eu Coreógrafa o melhor da Comissão de Frente ❤, com bailarinos que abraçam a nossa causa e lutam junto com a gente para mostrar o melhor pra vocês ! Até 2020 ❤

Muito obrigado Hayane Larissa pela participação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s