Carnaval 2020 – Bateria Pulsação da Zona Oeste terá dois Presidentes

Publicado por

A Bateria Pulsação da Zona Oeste do Passa Régua será apadrinhada por dois mestres: Dilsinho de Xangô e Dinho

Em comum acordo com o mestre de bateria Théo Menezes e após apadrinhá-lo em sua cerimônia de posse, Mestre Dilsinho de Xangô assume o cargo de Presidente da Bateria Pulsação da Zona Oeste rumo ao carnaval de 2020.

Dilsinho de Xangô carrega a sua história de vida juntamente com uma carreira brilhante no mundo do samba. “Nascido e criado” no GRES Unidos de Bangu, começou sua história na quadra desta escola, aprendendo aos poucos os prazeres do mundo do samba.

Pouco tempo depois, já conquistava seu espaço no GRES Mocidade Independente de Padre Miguel, além de participar ativamente dos Blocos Carnavalescos de Bangu e bairros adjacentes. Entre outros projetos, foi músico e um dos idealizadores da Banda Batera e, também, participou da elaboração do projeto “Mocidade Hits”, um marco na história do Samba Carioca.

Atuou como mestre de bateria de nossa agremiação, quando ainda bloco, e atualmente se dedica ao comando da Bateria “Família Leões da Jardim Bangu” (GRES Acadêmicos do Jardim Bangu), Bateria Tsunami (GRBC Banana com Queijo) e sua bateria show, a Artistas do Ritmo. Além disso, é Padrinho da Bateria Estrela Guia (GRES Unidos de Cosmos). Também é o idealizador do Bloco “Apito dos Mestres”, tendo tido passagem como Presidente da Associação dos Blocos de Bangu e Adjacências. Agora, também assume a responsabilidade de apoiar a nossa querida Pulsação da Zona Oeste para os 40 pontos do Grupo Especial da Intendente Magalhães.

71186728_2572963869407119_3719759355592048640_n

Tudo que é bom vem em dobro. E não poderia ser diferente com a presidência da Bateria Pulsação da Zona Oeste. Após apadrinhar junto com Mestre Dilsinho o “comandante” de nossa bateria Théo Menezes, Mestre Dinho se junta ao time assumindo também a presidência da bateria.

Oscar de Lima Filho, nosso amado e querido mestre Dinho, começou sua carreira em 1977 no Bloco Clube do Samba, do saudoso sambista João Nogueira. Foi nesta agremiação que surgiu sua primeira oportunidade como mestre de bateria, com a ausência do grande Mestre Wilson das Neves.

Sua vasta trajetória conta com diversas agremiações. Dinho foi, por 15 anos, primeiro repique da Bateria Tabajara do Samba (GRES Portela). Também passou pelo GRES Paraíso do Tuiuti, Porto da Pedra e Acadêmicos do Sossego. Também foi Mestre de Bateria do GRES Acadêmicos do Cubango. Também atuou como Diretor de Bateria do GRES Mocidade Independente de Padre Miguel.

Mas a grande glória veio no boi vermelho da Vila Vintém, o GRES Unidos de Padre Miguel. Desde 2012 a frente da Bateria Guerreiros, Mestre Dinho coleciona prêmios, como o Gato de Prata 2015 e 2016, e os títulos e prêmios conquistados juntamente com a escola.

Hoje, Mestre Dinho passa a integrar a família Passa Régua, confirmando que “Quem é Passa Régua não foge a luta. Muito obrigado pelo carinho e respeito. Seja muito bem vindo, grande Mestre.

70950951_2573163179387188_6951853560162156544_n

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s