SÉRIE DE ENTREVISTAS: CARNAVALESCOS DA INTENDENTE

Publicado por

CARNAVALESCOS DA INTENDENTE

Nome: Leonardo Soares “Leonardo Soares Magalhães Trinta de Carvalho”

Carnavalesco da Unidos do Cabral

Profissão: Formado como Professor de Modelo e Manequim, Artista Plástico, Figurinista e Carnavalesco 

Idade: 41 anos

Escola(s) do Coração: Não posso ter só uma… Estácio de Sá, Unidos da Tijuca, Unidos de Manguinhos, Unidos do Cabral, Unidos do Jacarezinho e Unidos do Peruche.

1. Como foi o seu início no Carnaval?

Iniciei no carnaval no ano de 2000 através da quadrilha junina que eu participava na comunidade de Manguinhos. Cid Carvalho era o figurinista da quadrilha e por estar muito atarefado com o carnaval da Beija-flor não pode aceitar o convite da Unidos de Manguinhos, então, como eu já participava ativamente da produção dos projetos da quadrilha desde 1997, ele me indicou.

Eu nunca nem tinha pisado num barracão de escola de samba! Mas fui…

E foram 12 carnavais na agremiação… 10 consecutivos, um intervalo de 3 anos e voltei pra mais dois.

Depois que peguei o gostinho, em 2003 iniciei trabalhos paralelos, e assim assinei carnavais em Cabo Frio, São Paulo, Poços de Caldas, Brasília e outras agremiações aqui mesmo no Rio. Em 2014 chego à Unidos do Cabral e nasce uma nova paixão!

2. Conte-nos a sua trajetória?

Contei tudo na primeira pergunta rsrs

3. Cite-nos o(s) seu(s) ídolo(s) na função.

Nem preciso dizer após a primeira pergunta quem é o meu maior ídolo rs. Mas não é só por ter indicado meu nome. Tive a oportunidade de ver bem de perto o processo criativo dele. E seguindo uma linha de trabalho, consequentemente fui levado a admirar e prestar atenção em Joãozinho Trinta e Rosa Magalhães.

Daí a brincadeira com o Sobrenome: Leonardo Soares Magalhães Trinta de Carvalho

Neto de Joãozinho Trinta e Rosa Magalhães

Filho de Cid Carvalho

Mas também admiro muito o trabalho do Paulo Barros e do casal Lage, meu lado futurista!

4. Fale-nos do enredo da escola para 2020?

Carlos Roberto Ferreira César

Filho de pai barbeiro (que lhe rendeu o apelido), ele tornou-se um verdadeiro arquiteto da música brasileira, muito respeitado e admirado no mundo do samba.

Barbeirinho do Jacarezinho foi, como costumava dizer, “um cidadão que tinha no sobrenome, por adoção, o nome da comunidade onde nasceu e se criou”. Integrante do Trio Calafrio (criado em 2003), com Luiz Grande (in memoriam) e Marquynhos Diniz (filho de Monarco e irmão de Mauro Diniz), Barberinho também era presidente da escola de samba Unidos do Jacarezinho. Cantor, compositor e músico de mão cheia, uma de suas primeiras músicas gravadas foi ‘Aperta o cinto’, por Bezerra da Silva. Suas composições também foram gravadas por Arlindo Cruz, Marquinhos de Oswaldo Cruz, entre outros bambas.

Barbeirinho do Jacarezinho tornou-se um dos compositores mais gravados por Zeca Pagodinho. Tem a sua assinatura, as músicas: ‘Fiquei amarrado na sua blusinha’, ‘Cabelo no pão careca’ (ambas em parceria com Rodi do Jacarezinho); ‘Conflito’, ‘Dona encrenca’ (com Marquynhos Diniz); e ‘Dona Esponja’. Isso só pra citar alguns sucessos…

Mas… Além do indiscutível talento era um ser humano ímpar! Levava em suas canções, com maestral sutileza os ‘acontecidos’ do dia a dia. E mantinha uma postura respeitosa com todos a sua volta! O que chamou a atenção de nosso presidente Leonardo Cavalcante pela maneira como éramos recebidos por ele na Unidos do Jacarezinho… Não bastasse isso, na platéia na premiação do Estandarte de Ouro 2019, o presidente ouve um dos Compositores do samba vencedor do Troféu, dedicar aquele prêmio ao Barbeirinho. Então ao descer do palco este compositor é abordado por Leonardo que pergunta o porquê da homenagem. E daí a surpresa… “Ele é meu Pai, minha maior inspiração pra compor!”

Renasce a vontade de homenagear de alguma forma este homem tão simples no viver, porém enorme na grandeza da alma…

Rapidamente Leonardo, o presidente, liga pra Leonardo, o carnavalesco… Esse que você vos escreve! Narra o acontecido e sugere:

“Por quê neste retorno da Unidos do Cabral aos desfiles, após dois anos sem desfilar, não homenageamos Barbeirinho do Jacarezinho!?”

Eu, amante das grandes emoções carnavalescas, ‘cria’ do morro do Jacarezinho, e carinhosamente chamado por Barbeirinho de “Meu carnavalesco”, prontamente abracei a ideia. E daí por diante formou-se uma atmosfera de emoções!

Pesquisas… Contatos… Ouvir incansavelmente suas músicas…

E chegar a conclusão de que não podia ser qualquer enredo, não podia ser somente uma biografia…

Assim, o enredo nos traz Barbeirinho como uma entidade das artes, um mestre astral da criação! Um ser iluminado.

Convidamos o Barbeiro de Sevilha para mestre de cerimônia desta homenagem…

Nossas alas viajam por suas músicas, suas letras irreverentes que narram o dia a dia… Seus personagens… Suas tramas irreverentes!

Lembraremos seus parceiros e amigos… Seus intérpretes…

Viajaremos pelos sambas de enredo que ele compôs para sua maior paixão, a Unidos do Jacarezinho…

E num mágico reencontro, o nosso ‘caviar do samba é recebido no céu, no alto da tão querida comunidade, pelo seu amigo e eterno presidente da Unidos do Cabral Jorge Santos Ciryello… É o encontro das comunidades do Cachambi e Jacarezinho para exaltar um dos nossos maiores compositores!

5. Quais são as suas expectativas para este carnaval?

As expectativas sempre são as melhores, mas este ano a emoção em homenagear uma pessoa tão especial, no ano de nosso retorno aos desfiles após dois carnavais, fazem aumentar muito mais as expectativas de um grande desfile!

6. Qual será o ponto alto do seu desfile?

Parafraseando Unidos da Tijuca:

🎶”É segredo não conto a ninguém…”🎶

7. Como está o barracão da escola (fantasias e alegoria(s))?

Eu sou o mais suspeito pra falar, mas está tudo a altura do talento do homenageado…

8. Como virá a escola, em relação a nº de alas, componentes, quantos setores serão o desfile?

A escola está dívida em 2 setores. São 16 alas, 1 tripé abre-alas e 1 Carro Alegórico.

9. Um carnaval inesquecível?

Meu? Praticamente todos… Seja por lembranças boas ou ruins. Um filho é sempre um filho, e assim são os enredos… Filhos!

10. Qual é o seu maior sonho?

Que os presidentes e dirigentes (não todos) aprendam que o profissional de carnaval tem que receber, tem que ter condições de trabalho, tem que ser respeitado. Tem que ser pago depois que a escola passa na avenida!

Aí eles vão ter trabalhos muito melhores! Um profissional respeitado trabalha com mais amor!

Mas também é preciso que alguns profissionais se respeitem! Tem muitos “na mídia” que estão somente porque não se respeitam e se sujeitam à tudo só pra dizer: “Eu sou carnavalesco!”

Só não sabem que os de verdade nasceram, vivem como e sempre serão carnavalescos, estando na mídia ou não, assinando alguma escola ou não!

11. Deixe-nos uma mensagem para a galera que acompanha o Carnaval da Intendente.

Eu sou completamente fã da equipe do Samba na Intendente! Que todos tenhamos um maravilhoso carnaval com as bênçãos de São Joãozinho Trinta!

Obrigado Leonardo Soares pela participação e ótimo Carnaval!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s