O último evento do ano, realizado no sábado, dia 16 de dezembro, fechou com chave de ouro as comemorações destinadas ao aniversário de 85 anos da Vizinha Faladeira, completados no dia último dia 10. A tarde foi animada pelo grupo Tá com Medo? e apresentações das coirmãs Unidos de Bangu, Império da Tijuca, Tradição e Estácio de Sá. A surpresa foi a apresentação do ilustre primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira da Portela, Marlon Lamar e Lucinha Nobre.

Apesar do forte calor, a quadra da Pioneira recebeu personalidades do mundo do samba, presidentes de liga e escolas de samba, musas, imprensa, e as Corte Real do Carnaval do Rio de Janeiro e o Reino da Intendente Magalhães. Todos foram homenagear a agremiação que completou 85 anos de glórias e muitos carnavais, além dar as boas-vindas à nova rainha de bateria da Pioneira, Veronice de Abreu, que chegou da Suíça para ser coroada e estar à frente dos ritmistas do Ritmo Pioneiro no Carnaval 2018, sob o comando de mestre China e diretoria.

A rainha foi apresentada pelo jornalista Teteu José, recebeu a faixa de sua mãe e a coroa das mãos da porta-bandeira Lucinha Nobre. A felicidade foi contagiante que Veronice caiu na folia junto com sua bateria.

“Mais uma faixa, mais uma coroa. Toda uma vida dedicada ao amor que eu tenho pelo samba. Uma arte dura de se desempenhar e que exige muitos esforços e sacrifícios para se destacar e, no meu caso, que vivo entre dois países, é uma grande tarefa. Então…  O mundo do samba se transformou em “affair” e ser rainha de bateria é um luxo em todos os sentidos, é um privilégio estar no coração da escola de samba no posto mais cobiçado, mas para chegar lá e se manter, é preciso lutar muito. Sou feliz por ter chegado até aqui e me sinto orgulhosa por minha persistência e determinação, pois fui além do que eu esperava e hoje estar em uma escola de comunidade tão humilde, carinhosa e verdadeira, é uma honra para mim. Independente de posto certamente nesta nova família ficarei por muito tempo, pois a nossa afinidade é grande. Como bem disse meu amigo Teteu José em entrevista: “Veronice é uma sambista, não caiu de paraquedas”. Portanto respeite quem pode chegar aonde eu cheguei… Obrigada presidente David dos Santos e mestre China pela confiança. Estamos juntos e unidos pela Vizinha Faladeira”, ressaltou Veronice.

A Vizinha Faladeira será a décima a desfilar pela Série B da Liesb na Estrada Intendente Magalhães, no dia 13 de fevereiro, com o enredo “O marquês numa viagem pioneira, vê nascer um rei na Vizinha Faladeira!… Paulo Barros, o DNA do Carnaval”, de autoria do carnavalesco Jean Rodrigues.

Foto: Adriana Vieira