NOME: LUCAS MILATO

CARNAVALESCO DA UNIDOS DA PONTE

1. Conte-nos a sua trajetória no Carnaval?

Sempre fui apaixonado por carnaval… E quando pequeno, mesmo limitado a transmissão da televisão, imaginava-me de alguma forma fazendo parte daquele espetáculo. Foi quando descobri o carnaval virtual. Lá minha paixão por arte, história e toda parte criativa desse show, que já era grande, floresceu, transbordou, e cá estou eu.

2. Fale-nos do enredo da escola para 2018?

O enredo do GRES Unidos da Ponte trás a visão de Vitorino Nemésio sobre a consagração de Dazinha, uma yaô, como mãe de Santo… O mais interessante é que, apesar de estarmos retratando as impressões de um poeta português, o Candomblé a que assistiu Nemésio não será apresentado com olhos de estrangeiro a enxergar apenas o exotismo e o pictórico, ou mesmo de brasileiro que enxerga no sagrado de origem afro mera manifestação folclórica do sincretismo afro-brasileiro; na verdade, o enredo e o desfile impressionarão pela expressão da seriedade com que Nemésio pesquisou as potestades dos cultos de nação, os seus ritos sagrados, e buscou entender todo um mundo lexical novo e complexo.

3. Quais são as expectativas da agremiação para este carnaval?

As expectativas são grandes, tal como a luta, garra e força de vontade de todos os segmentos da escola, que desde o início acreditaram no projeto, e estão batalhando para que ele saia de forma digna, dando muito orgulho a comunidade meritiense, e obviamente: Levando a Ponte de volta ao lugar que jamais deveria ter saído. A Sapucaí!

4. Qual será o destaque principal da escola para o desfile?

Pode parecer clichê, mas eu não destacaria um ponto específico. Busquei inserir algo especial em cada item do desfile, sendo assim, não deixem de prestar atenção em nenhum momento do desfile! Será incrível!

5. Como está o barracão da escola (fantasias e alegoria(s))?

Não é novidade que esse ano as condições de trabalho não foram das melhores pra nós do carnaval, não é mesmo? Mas apesar desta crise, nos planejamos de forma satisfatória, e estamos prosseguindo conforme o planejado.

6. Como virá a escola, em relação a nº de alas, componentes, quantos setores serão o desfile?

O enredo se divide em três momentos: a chegada de Vitorino Nemésio à Salvador; a preparação para a consagração; e a consagração de Dazinha propriamente dita.

Adentraremos a Intendente Magalhães com 15 alas, 2 carros e 1 tripé.

7. Deixe-nos uma mensagem para a galera que acompanha o Carnaval da Intendente.

Pessoal, esperem um grande desfile da Ponte. Desejo que as pessoas gostem do trabalho que está sendo feito com muito carinho, muito cuidado e que a escola fará um grande desfile. Podem anotar, a Ponte vem para o campeonato!

Obrigado Lucas Milato pela participação e ótimo carnaval!

007586-ponte-696x464 (1)