Sob um olhar negro: Valongo. A história de um cais

A Unidos da Vila Santa Tereza levará para o carnaval de 2019 um enredo sobre os pilares da escravidão no Rio de Janeiro e sobre um dos maiores mercados de venda de escravos da América Latina e nos convida a voltar no tempo e conhecer a história do Cais do Valongo.

Construído em 1811, foi local de desembarque e comércio de escravos africanos até 1831, com a proibição do tráfico transatlântico de escravos. Durante os vinte anos de sua operação, entre 500 mil e um milhão de escravos desembarcaram no cais do Valongo.

Sob o olhar de um negro que foi retirado de sua terra pra ser comercializado, retrataremos o cotidiano e as mudanças físicas que aconteceram com o Cais ao longo dos anos, chegando até o início do que era chamada de Pequena África.

O enredo será desenvolvido pelo carnavalesco Plínio Santtos junto a Comissão de Carnaval.