Carnavalesco Eduardo Gonçalves assina o tema

A Unidos do Jacarezinho apresentou durante a festa de comemoração aos seus 52 anos de fundação realizada neste final de semana o tema do enredo que apresentará no Carnaval 2019 quando desfilará pela Série C em busca do campeonato. Intitulado “Nzungu, quilombo negro de resistência. Vamos fazer barulho de preto na Avenida”, o tema é assinado pelo carnavalesco Eduardo Gonçalves.

O enredo contará a história das casas de resistência do Rio de Janeiro no séc. XIX criadas pelas negras baianas onde vendiam o famoso angu e eram frequentadas por escravos libertos e escravos que fugiam e vinham para a cidade. Eram chamadas de Nzungus em tradução yoruba, que significa barulho de panelas, confusão de barulhos, sons batidos no caldeirão. As casas eram ponto de encontro dos negros e logo viraram verdadeiros quilombos de resistência. Nesses locais se jogava a capoeira, louvavam os orixás, cantavam e sambavam a noite inteira. A polícia da época chamava os nzungus de casas de barulho de pretos e tentavam proibir as suas manifestações.

O Carnaval 2019 da escola será desenvolvido pelo carnavalesco Eduardo Gonçalves. Será o seu décimo segundo carnaval como o artista da escola de samba, onde assinou seu primeiro trabalho em 1992.

– Hoje, o verdadeiro quilombo é a Favela do Jacarezinho. O nzungu urbano é dentro da nossa comunidade. A resistência é com o samba de terreiro, com o funk, com o rap. Resistimos com nossas rádios e jornais comunitários, agência de moda e tantos outros pontos de Resistência da cultura negra.

Jacarezinho é luta, é resistir, e mostrará o seu verdadeiro quilombo na avenida – explica o carnavalesco.

No Carnaval 2019 a Unidos do Jacarezinho será a última escola a desfilar disputando o título pela Série C da LIESB, na Estrada Intendente Magalhães, Campinho.

Carnavalesco Eduardo Gonçalves
Carnavalesco Eduardo Gonçalves

Foto: Geissa Evaristo