Série de Entrevistas – Mestre-Sala da Intendente – Rafael Gomes

Publicado por

SÉRIE DE ENTREVISTAS COM MESTRES-SALAS E PORTA-BANDEIRAS DAS ESCOLAS DE SAMBA DA INTENDENTE MAGALHÃES

Nome: Rafael Gomes

Profissão: Ajudante de Armazém na AMBEV

Idade: 31 anos

Escola do Coração: Estação 1ª de Mangueira 💚💕

1. Como foi o seu início no samba? 2. Como você decidiu ser mestre-sala?

Meu início no samba foi em uma casa de show chamada Plataforma Show, tinha uma parte do show que se chamava Carnaval, e eu tinha que fazer o papel de mestre-sala, não sabia nada, sendo que na época trabalhava comigo o Yuri Perroni, que era mestre-sala da Acadêmicos da Rocinha, foi quando pedi auxílio ao Yuri e ele me disse “amigo me observa e tenta fazer”. Aí que nasceu meus primeiros passos, então fui fazendo e aprimorando vendo vídeos, acompanhando o Yuri, até que os amigos ficavam me perguntando por que eu não me tornava mestre-sala, falavam que eu tinha jeito pra me tornar um. Eu não sabia nem por onde começar até que, após uns anos já sem trabalhar com dança, em 2016 um amigo carnavalesco Plínio Santtos me convida pra ser segundo na Unidos da Vila Santa Tereza. Na época eu estava indo pros ensaios de bateria da Porto da Pedra, seria surdo três da escola e estava indo muito bem, mas o convite de ser mestre-sala me pegou e o sonho de ser mestre-sala começava na Ururai onde tudo começou e onde conheci pessoas maravilhosas em Santa Tereza!

3. Conte-nos a sua trajetória no Carnaval?

Começou em 2016, sendo que o primeiro ano foi surpreendente, pois minha primeira avenida a desfilar não foi no Rio de Janeiro. Meu primeiro desfile foi como segundo na Rosas de Ouro em Vitória, ES, ali senti o clima do que era defender um pavilhão e quando pisei na Intendente foi outra energia e uma emoção enorme. Em 2017, fui segundo na Mocidade Unida do Santa Marta. Em 2018, fui primeiro do Favo de Acari, meu primeiro ano como primeiro no grupo C, uma experiência maravilhosa. Em 2019, tive uma surpresa que nem eu esperava, recebi um convite de umas das portas-bandeiras mais renomadas no carnaval Mônica Menezes. Ela me convida pra ser seu par no Engenho da Rainha do grupo B da Intendente, foi uma felicidade só e pude conhecer a Mônica que é uma porta-bandeira maravilhosa e com um coração gigante, Conheci toda a família da Mônica e são todos nota dez, da mãe aos filhos da Mônica tenho uma gratidão enorme. Em 2019 voltei à Rosas de Ouro de Vitória, ES, como primeiro junto com a Mônica então imaginem a emoção, foi uma experiência maravilhosa em Vitória.

Em 2020, tive o prazer de retornar ao Favo de Acari que já era a nova União do Parque Acari, tive um bom carnaval. Também em 2020, fui primeiro na Combinado do Amor de Niterói, dançando com Joyce Santos. A escola tinha descido pro grupo B e na minha primeira vez no carnaval de Niterói consegui estar em uma escola que sobe e volta pro grupo que era antes, esse ano tive alguns problemas mas passei na raça.

4. Conte-nos alguma saia justa/alguma dificuldade enfrentada em algum desfile?

Em 2019, na Rosas de Ouro de Vitória. Estava retornando à escola e pude aprender muito com a Mônica como escapar de alguns problemas na hora H, no desfile em Vitória o pavilhão na frente do jurado agarrou em uma peça da minha fantasia e soltou uma linha na hora, mas a Mônica com toda experiência me acalmou e passamos bem do sufoco, mas não conseguimos uma boa nota lá, então eu vim pro Rio com a mente a mil, e com muito medo, pois era meu primeiro ano no grupo B, mas como falei a Mônica é uma pessoa maravilhosa e me deu coragem pra seguir o desafio, até que na Intendente alcançamos a nota máxima e pude passar com êxito na Acadêmicos do Engenho da Rainha.

5. O que o casal de MS e PB tem que fazer para conseguir a nota máxima?

Precisa de muito ensaio, disciplina e humildade, com humildade vamos muito mais longe!

6. Além da Difícil é o Nome, você estará desfilando em outras agremiações?

No próximo carnaval estarei na Difícil é o Nome no Rio de Janeiro e na Combinado do Amor em Niterói e espero dar o melhor pras minhas escolas.

7. Quem são os seus ídolos no carnaval (na função)?

Meus ídolos no carnaval são duas pessoas que tive a oportunidade de conhecer e ter algumas aulas que é Selminha Sorriso e Claudinho, primeiros da Beija-Flor.

8. Um carnaval inesquecível?

Meu carnaval inesquecível foi 2019 junto a Mônica Menezes.

9. Você já desfilou na Marquês de Sapucaí?

Desfilei em 2017 como mestre-sala, mas foi em cima de um carro, estava chovendo muito e nem deu para dançar direito, foi uma homenagem ao baluarte Carlinhos Brilhante pela Unidos de Vila Isabel, ali ficou meu sonho e minha vontade de desfilar na Sapucaí que ainda vou realizar!

10. Qual é o seu maior sonho?

Meu maior sonho é chegar à Marquês de Sapucaí e explodir toda a minha luta através dos meus passos, confesso vou chorar e muito e não vai ser nervosismo gente rs.

11. Como está a sua preparação para 2022? Ensaios?

Pra 2022 estou com essas duas escolas, mas estamos resolvendo situações pois estamos na busca de uma porta-bandeira de peso na vermelha e branco de Pilares.

12. Como você enfrentou/está enfrentando a Pandemia da COVI19? Você chegou a ter a doença?

Essa pandemia tive a surpresa de pegar essa doença mas na fé consegui passar de boa!

13. Quais são as suas expectativas para o próximo carnaval?

No próximo carnaval quero poder manter o padrão de notas altas que venho defendendo!

14. Deixe-nos uma mensagem para a galera que acompanha o Carnaval da Intendente.

Galera do carnaval da Intendente, vamos firmes na luta, parece que estamos apagados e tal mas nessa pandemia enfrentamos problemas sérios, mas pelos bastidores estamos nos preparando para o melhor!

Muito obrigado Rafa Gomes pela participação e ótimo carnaval!

Trajetória de Rafael Gomes

Ano Escola Porta-Bandeira Grupo Enredo Função
2016 Rosas de Ouro de Vitória (ES) Acesso “Nos passos da história… a Rosas de Ouro canta e encanta a Insurreição do Queimado” 2º Casal
2016 Unidos da Vila Santa Tereza Giselly Assumpção C “Podem aplaudir, a minha Vila vai passar! São 60 anos de histórias para contar” 2º Casal
2017 Mocidade Unida da Santa Marta Brunna Camila B “Bip Bip, um bar a serviço da alegria. Lá onde o samba está em casa!” 2º Casal
2018 Favo de Acari Luiza Mendes C A história de vida de Pedro Fernandes. O Favo de Acari exalta o filho Nordestino que deixou saudades 1º Casal
2018 União de Campo Grande Brunna Camilla E “Campo Grande canta e encanta, com o canto das três raças” 1º Casal
2019 Rosas de Ouro de Vitória (ES) Mônica Menezes Acesso “A busca pela relíquia chinesa e os herdeiros de 22 de abril” 1º Casal
2019 Acadêmicos do Engenho da Rainha Mônica Menezes B “Matamba, o sonho de uma rainha” 1º Casal
2020 União do Parque Acari Nani Ferreira Especial da Intendente “No início a criação, o céu, a terra e o mar, com isso a junção cada um com seu par. Viva o amor!” 1º Casal
2020 Combinado do Amor de Niterói Joyce Santos B “A Combinado é a feira na Avenida” 1º Casal
2022 Difícil é o Nome Série Prata 1º Casal
2022 Combinado do Amor de Niterói Especial 1º Casal

Foto 4: Jio Folia

Fotos de Capa e fotos 6 a 9: Allan Duffes – Site Carnavalesco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.